Fora por dois meses, Somália compara retorno a final de Copa

Após o treino desta quarta-feira a tarde em General Severiano, o técnico do Botafogo, Caio Junior, confirmou a presença do volante Somália entre os titulares alvinegros para o confronto diante do Independiente Santa Fé, da Colômbia, nesta quinta-feira, às 21h30, no Engenhão. Será a primeira vez que o jogador entrará em campo após 64 dias.

Animado com a nova oportunidade, Somália afirma que não vai deixá-la escapar. Afinal, ele sabe que o desafio contra os colombianos pode significar uma nova sequência de jogos pelo Glorioso.

‘Nesse tempo todo em que fiquei só treinando procurei manter minha motivação em alta. Nos momentos mais difíceis, tive apoio dos meus companheiros e da minha família. Procurei me empenhar ao máximo na parte física porque sabia que teria uma nova chance até o final do ano. Ela apareceu e agora vou agarrá-la com unhas e dentes’, comentou.

O meio-campista ainda traçou um paralelo entre seu retorno e uma final de Copa do Mundo. ‘É minha final de Copa do Mundo. Ninguém vai correr mais do que eu em campo. Farei de tudo para ajudar o Botafogo a sair com a vitória, abrir vantagem nesse confronto e eu ter novas chances no time’, afirmou o jogador.

A última vez que o atleta vestiu a camisa alvinegra foi no dia 23/7, na derrota por 2 a 1 para o Atlético-PR, na Arena da Baixada, ao substituir o volante Léo no intervalo. Na partida seguinte, contra o Avaí, na vitória botafoguense por 2 a 1, no Engenhão, dia 27 do mesmo mês, foi relacionado, mas não entrou em campo