Flamengo quer a reabilitação contra o Duque de Caxias

Por Leonardo Maia

Rio – A partida contra o Duque de Caxias, neste domingo, às 18h30, em Macaé, é duplamente importante para o Flamengo. Primeiro pela necessidade da vitória depois da derrota na estreia da Taça Rio (segundo turno do Campeonato Carioca) para o Boavista, na última quarta-feira. Em segundo lugar para o técnico Joel Santana fazer observações para um confronto de maior dimensão. A principal dela a provável estreia do zagueiro Marcos González.

Na próxima quinta, o time rubro-negro recebe o Emelec (Equador), no Engenhão, pela segunda rodada do Grupo 2 da Libertadores. Joel Santana tem desfalques importantes para o jogo contra o Duque de Caxias que podem se repetir contra os equatorianos. É a oportunidade para que os reservas se mostrem aptos a atuar pela competição continental.

Com as lesões de Airton e Willians e a suspensão de Renato, três vagas se abrem no meio de campo. A julgar pelo treino da última sexta, Muralha deve assumir a posição de primeiro volante, Luiz Antônio entra como segundo marcador e Camacho e Bottinelli disputam a vaga de armador. “Temos um bom grupo que pode suprir as ausências, mas são jogadores que já estavam acostumados a jogar juntos ali no meio e vão fazer muita falta. A preocupação agora é recuperá-los para o jogo da Libertadores”, disse Junior Cesar, demonstrando preocupação.

Como esperança, o retorno de Ronaldinho Gaúcho depois de amistoso com a seleção brasileira. O camisa 10 é promessa de melhora do setor criativo da equipe, mas a verdade é que o craque não tem se apresentado bem este ano. Mesmo assim, o respeito dos adversários e dos companheiros já é algo a se comemorar. “Menos mal que o Ronaldo está de volta e um craque sempre pode decidir a nosso favor”, comentou o lateral-esquerdo.

A expectativa da torcida gira em torno do chileno González. Ele não atuou na Taça Guanabara (primeiro turno) por ter chegado ao clube após o período de inscrições e carrega sobre si a responsabilidade de melhorar o desempenho do sistema defensivo do time.