Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Flamengo junta os cacos e enfrenta o Americano no Estadual

Menos de três dias depois de ser eliminado da Copa Libertadores, mesmo tendo vencido o Lanús da Argentina por 3 a 0, o Flamengo volta a campo juntando os cacos para enfrentar o Americano neste domingo, às 16h(de Brasília), no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro, pela última rodada da fase de classificação da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Na primeira colocação do Grupo A com 18 pontos, o Rubro-Negro já está garantido nas semifinais e praticamente cumpre tabela.

O confronto está sendo cercado de expectativa muito mais pelo comportamento da torcida. O público esperado é o mínimo possível, mas mesmo assim o policiamento está sendo reforçado para evitar possíveis tumultos que possam se transformar em atos de violência.

Após o confronto diante do Lanús parte dos jogadores teve que deixar o Engenhão cercada pelo policiamento. Lamentando esta situação, os jogadores do Flamengo sabem que é preciso deixar de lado o passado e se concentrar apenas na partida deste domingo.

‘Infelizmente não conseguimos o nosso objetivo na Copa Libertadores e deixamos a competição de uma maneira que ninguém esperava. Mas só nos resta colocar todo o foco no Campeonato Carioca, pois é a única possibilidade de um título neste primeiro semestre e não podemos desperdiçá-la’, afirmou o atacante Deivid.

A escalação do Flamengo para esta partida é um mistério. O volante Willians, com dores na coxa esquerda, fica de fora, com Muralha e Luiz Antonio compondo a dupla que terá a missão de proteger a zaga, mais uma vez composta por Welinton e pelo chileno Marcos González.

Ronaldinho Gaúcho será preservado para se evitar um possível desgaste com os torcedores, uma vez que o apoiador vem sendo muito hostilizado. Além do armador, o atacante Vagner Love também ficará de fora da partida deste fim de semana.

Único pendurado com dois cartões amarelos, o atacante reserva Diego Maurício não deverá ser relacionado para não correr risco de perder a semifinal. A tendência é que a escalação seja revelada apenas minutos antes da partida.

Se para o Flamengo o jogo tem apenas o efeito moral, pelo lado do Americano vale a permanência na Primeira Divisão do Campeonato Carioca. Na lanterna da classificação geral, que leva em consideração o somatório dos dois turnos e vale para efeito de rebaixamento, com apenas nove pontos, o Cano tem que ganhar e torcer para que dois desses times percam: Bangu, Madureira e Bonsucesso. Assim, os campistas decidiriam quem cairia em um triangular.

Ciente das dificuldades que esperam a sua equipe, o técnico André Pimpolho sonha com o resultado positivo e ainda vê motivação nos olhos de seus comandados.

‘Sabemos que será um jogo muito complicado, pois o Flamengo é uma grande equipe e vem com tudo em busca de uma vitória. Mas meus jogadores estão motivados para tirar a equipe desta situação e pelo fato de enfrentarem uma das grandes forças do estado, o que sempre dá mais visibilidade. Temos que conseguir valorizar a posse de bola, conter o ímpeto do Flamengo e tentar abrir o marcador em uma jogada de bola parada’, disse Pimpolho.Para este jogo André Pimpolho vai manter a base que vinha jogando, embora no meio de semana alguns atletas considerados reservas, como o zagueiro Ricardo Braz, o meia Marcelo Maciel e o também meia Diogo tenham sido dispensados pela diretoria, que entendeu que eles não estavam rendendo o esperado.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO X AMERICANO

Local: Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 15 de abril de 2012 (Domingo)

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Assistentes: Michael Correa (RJ) e Marcos do Nascimento (RJ)

FLAMENGO: Felipe; Galhardo, Marcos González, Welinton e Junior Cesar; Muralha, Luiz Antonio, Darío Bottinelli e Thomás; Negueba e Deivid

Técnico: Joel Santana

AMERICANO: Erivélton, Alex, Adalberto, Xandão e Marcos Felipe; Ruan, Jader, Marconi e Pachola; Bruno Luiz e Hugo

Técnico: André Pimpolho