Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ferrari clama por redução de custos da Fórmula 1

A forte crise econômica mundial começa a ter seus efeitos sobre a Fórmula 1, e a equipe Ferrari é uma das principais preocupadas em reduzir os custos da categoria. O presidente da escuderia, Luca di Montezemolo, acredita que a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) não pode demorar a tomar atitudes sérias sobre o assunto.

‘A situação econômica do mundo, e da Europa em particular, é muito séria e a Fórmula 1 não pode ignorar o fato. Não podemos perder mais tempo, precisamos atacar os custos com urgência e determinação. A Ferrari está de acordo com a posição da FIA de que intervenções drásticas são necessárias’, afirmou Montezemolo.

Após o Grande Prêmio de Mônaco da Fórmula 1, os chefes de equipe se reuniram com representantes da FIA para tratar sobre o assunto, mas as principais discussões giraram em torno do dinheiro que será gasto com a implementação dos novos carros e motores a partir da temporada 2014.

‘Não é mais hora de ficar em discussões estéreis ou nos meandros da engenharia, geralmente utilizados apenas para defender interesses de um ou outro. A questão precisa ser atingida em seu nível mais alto, sem mais atrasos’, clamou o presidente da Ferrari.