Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ferrari 1957 é vendida por R$ 95 milhões na Inglaterra

Modelo de competição, 250 Testa Rossa tem motor V12 de 3,0 litros

Um comprador não identificado na Inglaterra investiu 28,99 milhões de euros (cerca de 95 milhões de reais) para ter em sua garagem um modelo de corrida 250 Testa Rossa, de 1957 (chassis 0704 TR). É o maior valor pago por uma Ferrari na Grã-Bretanha, segundo a agência italiana Ansa. Esta Ferrari teve uma carreira respeitável: participou das 24 Horas de Le Mans em 1957 e provas em Buenos Aires e Sebring, e foi pilotada por Phil Hill e Peter Collins. O modelo tem motor 3,0 litros, V12 com pouco mais de 300 cv, e acelera de 0 a 100 quilômetros por hora em cerca de 6 segundos e pode chegar à velocidade final de 270 quilômetros por hora. O carro é considerado um dos cinco mais importantes da Ferrari no mundo e segundo colecionadores é totalmente original, sem ter passado por nenhuma restauração.

Leia também:

LaFerrari: Eto’o já tem uma, Cristiano Ronaldo ainda não

Uma Ferrari ‘esportiva’, se é que é possível: 458 Speciale

Duas Ferraris de Schumacher à venda: US$ 4,1 milhões