Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fernando Torres justifica retranca: ‘Única maneira de classificar’

Escolhido pela Uefa para ser o representante do Chelsea na entrevista pré-jogo, Fernando Torres já antecipava que a equipe inglesa repetiria diante do Barcelona a postura defensiva que garantiu a vitória dos Blues por 1 a 0 no Stamford Brigde, há uma semana. Após o empate por 2 a 2 no Camp Nou e a consequente classificação à final da Liga dos Campeões, o espanhol reconheceu a superioridade do adversário, mas defendeu a retranca de sua equipe.

‘O Barcelona é a melhor equipe do mundo. Jogamos assim porque era a única maneira de classificar’, declarou o atacante, autor do segundo gol do Chelsea, já aos 46 minutos do segundo tempo.

O tento de Torres serviu para tranqüilizar os ingleses nos minutos finais, pois a então derrota por 2 a 1 já garantia a classificação ao Chelsea, que passou todo o jogo em seu campo de defesa, mas ainda assim também conseguiu balançar a rede adversária com Ramires.

‘Essa classificação para a final é uma grande alegria após uma temporada que não foi muito boa para nós’, reconheceu Torres, lembrando dos resultados irregulares do passado, que culminaram na demissão do técnico português André Villas-Boas.

Agora, sob o comando de Roberto di Matteo, o Chelsea ainda tem situação difícil no Campeonato Inglês, que tem briga acirrada entre Manchester United e Manchester City. O foco, portanto, deve ser total na decisão da Liga dos Campeões, que será em Munique, com adversário ainda desconhecido.

‘Quando se quer ganhar um campeonato, tem que estar preparado para bater qualquer rival. Tanto o Bayern quanto o Real Madrid são grandes equipes e teremos grandes dificuldades’, apostou Torres.