Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fernanda Oliveira e Ana Barbachan sobem para nono na Semana Francesa

As gaúchas Fernanda Oliveira e Ana Barbachan continuam sendo os destaques da Equipe Brasileira de Vela na Semana Olímpica Francesa, em Hyères. Com um descarte valendo a partir desta terça-feira (24), a dupla subiu para o nono lugar na classe 470 feminina, com 41 pontos perdidos. O torneio vale como a terceira etapa da Copa do Mundo da Isaf (Federação Internacional de Vela) em 2012.

‘Estamos satisfeitas com o nosso desempenho. Até agora tivemos apenas um 32lugar. Nas outras regatas, conseguimos nos manter perto das dez primeiras. Estamos evoluindo e testando materiais, exatamente o que pretendíamos com essa competição. Sabemos que nos próximos dias as condições serão difíceis, mas seguimos fazendo o nosso melhor’, afirma Fernanda.

O dia foi marcado, novamente, por ventos fortes no litoral francês. Com isso, regatas de duas classes olímpicas foram canceladas. Na Finn, do brasileiro Jorge Zarif (20 , com 85 pontos), nenhuma prova foi disputada. Na 49er, que já tinha sofrido no domingo, só uma regata foi disputada. Nela, André Fonseca e Marco Grael terminaram em décimo lugar, somando 34 pontos e caindo para a 18posição na classificação geral – após cinco regatas e um descarte.

Na classe Laser Radial, Adriana Kostiw subiu bastante com a entrada do descarte. Na segunda-feira, a velejadora paulista sofreu com a quebra do mastro, correu as duas regatas do dia com a peça avariada e mesmo assim marcou um 20lugar na primeira (na segunda, não completou). Nesta terça, ela fez dois oitavos, chegou a 55 pontos perdidos e subiu para o 20lugar na classificação geral.

Além da comemoração pelos bons resultados, Adriana ainda está aproveitando as instruções do técnico Luca Modena, da dupla Robert Scheidt e Bruno Prada. Os dois desistiram da competição na segunda e Modena passou a auxiliar a laserista a partir desta terça.

‘As regatas estão muito duras. O vento está forte, de 20 a 25 nós. Estamos aproveitando para fazer uma série de ajustes técnicos, trabalhando muito o controle do vento, analisando a movimentação das nuvens e a duração das rajadas’, explica a velejadora.

Nas outras classes, Patrícia Freitas é a 17na RS:X feminina, com 76 pontos perdidos. Na 470 masculina, Fábio Pillar e Gustavo Thiesen são os 23 , com 59 pontos.

Veja o desempenho dos brasileiros na Semana de Hyères:

RS:X feminino

17 – Patrícia Freitas – 76 (11 + 12 + 20 + 18 + 20* + 15)

49 – Bruna Martinelli – 168 (34 + 41* + 38 + 36 + 32 + 28)

RS:X masculino

33 – Albert Carvalho – 70 (25* + 21 + 8 + 16 + 15 + 19)

Laser

89 – João Hackerott – 135 (31 + 29 + 22 + 22 + 33* + 31)

Laser Radial

21 – Adriana Kostiw – 81 (9 + 10 + 20 + 42* 8 + 8)

Finn

20 – Jorge Zarif – 85 (9 + 17 + 17 + 42)

49er

18 – André Fonseca e Marco Grael – 34 (9 + 12 + 15* + 3 + 10)

470 masculino

23 – Fábio Pillar e Gustavo Thiesen – 59 (5 + 15 + 6 + 15 + 33* + 18)

67 – Henrique Haddad Nicolas Castro – 139 (26 + 24 + 36 + 27 + 42* + 26)

470 feminino

9 – Fernanda Oliveira e Ana Barbachan – 41 (5 + 31* + 9 + 9 + 13 + 5)

Star

Robert Scheidt e Bruno Prada deixaram a competição