Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Felipão terá a semana para definir novo volante e rever batedores de pênaltis

Treinador da seleção disse que próximos dias servirão para várias definições

Após a emocionante classificação às quartas de final da Copa do Mundo com a vitória nos pênaltis sobre o Chile, no sábado, no Mineirão, o técnico da seleção brasileira tem muito a trabalhar nos próximos dias (este domingo foi de folga). Um dos principais pontos a atacar nos treinamentos é recuperar emocionalmente os jogadores, que se desgastaram e choraram muito após a última partida. Além disso, o treinador precisa definir um substituto para Luiz Gustavo, suspenso por cartões, e ainda rever os cobradores de pênalti, que não o agradaram diante dos chilenos.

Leia também:

Siga no Instagram: uma seleção de fotos exclusivas em @vejanoinsta

Para Felipão, sofrimento também pode ser um bom treino

Fifa investiga agressão de assessor da CBF a jogador chileno

Placar da zueira: os melhores momentos de Brasil X Chile

Felipão não economizou elogios ao atacante Neymar e destacou sua maturidade para bater a última penalidade brasileira. Por outro lado, Willian e Hulk desperdiçaram suas cobranças e, com isso, o treinador da seleção brasileira acenou com a possibilidade de alterar os batedores para uma eventual disputa de pênaltis. “Provavelmente, nos próximos dias, vamos ter novas definições sobre os pênaltis.”

Para a partida na Arena Castelão, sexta-feira, contra a Colômbia, a seleção terá de joga sem seu ponto de equilíbrio: Luiz Gustavo. O volante da fala grossa e de poucas risadas cumprirá suspensão automática, abrindo assim brecha no meio de campo.

Candidatos para a vaga não faltam ao treinador, que tem pelos menos quatro jogadores como opção e dois sistemas táticos. Na troca pura e simples de um jogador pelo outro, a melhor opção é Ramires. Dessa forma, Felipão seguraria Fernandinho para a função de primeiro volante, a mesma de Luiz Gustavo, e deixaria o jogador do Chelsea como terceiro homem do lado direito. Paulinho e Hernanes correm por fora. Paulinho era titular até o jogo com Camarões, mas perdeu seu lugar por causa de más atuações.

Fernandinho já se adiantou ao chefe e disse que faz a função sem problemas. “Acho que o Felipão vai analisar as opções que tem. Eu sou capaz de atuar como primeiro volante, mas ele pode usar um zagueiro também”, apontou.

Leia também:

Brasil sofre e flerta com tragédia, mas avança nos pênaltis

Brasil reclama da caçada a Neymar – e teme até perdê-lo

‘Não me conformo de ter saído assim’, diz técnico do Chile

Dessa maneira, Felipão espera aproveitar os próximos dias para corrigir erros da seleção cometidos na defesa e no ataque, e também trabalhar o controle emocional dos jogadores. Ele acredita que a emoção sofrida na classificação sirva de impulso para o Brasil na sequência da Copa. “Quando a gente ganha com essa emoção, a gente pode fazer disso uma coisa boa.”

(Com Estadão Conteúdo)