Felipão e Neymar chamam torcida em SP: ‘Chegou a hora’

O técnico e o camisa 10 falaram sobre a ansiedade para a estreia, na quinta – mas mostraram bom humor e muita confiança no palco da abertura da Copa

“A gente sabe que não vai ter jogo fácil. É a Copa do Mundo, cada partida é decidida no detalhe. E o time espera muito da torcida: se ela estiver do nosso lado o tempo inteiro, vai ser difícil ganhar da gente”, disse Neymar

A pouco mais de 24 horas para a estreia na Copa do Mundo, a seleção brasileira não consegue mais conter a ansiedade – e espera que a torcida que virá ao Itaquerão na tarde de quinta-feira esteja tão empolgada quanto os atletas e a comissão técnica. Antes do treino de reconhecimento do gramado, nesta quarta, o técnico Luiz Felipe Scolari e o craque Neymar falaram sobre o clima na concentração nos momentos que antecedem o jogo contra a Croácia. Eles reconheceram que a expectativa pela partida já causa um certo frio na barriga, mas mostraram bom humor e muita confiança para a partida de abertura. O treinador iniciou sua entrevista coletiva agradecendo às autoridades que enviaram mensagens de apoio à equipe e aos torcedores que aplaudiram o grupo nos treinos, nos dois amistosos de preparação e em todas as viagens da seleção desde o início da preparação, no mês passado. “A todos eles, e a todos os brasileiros, eu quero dizer: chegou a hora, vamos todos juntos, é o nosso Mundial”, discursou Felipão.

Leia também:

Pressão, vaias, ansiedade? A seleção diz estar preparada

Na semana da Copa, seleção pronta e inteira. Já os rivais…​

O lema do Brasil de Felipão na Copa: ‘Quem não toma, faz’

Não gostou do amistoso? Pois o Felipão achou ‘muito bom’

Neymar disse ter ficado arrepiado com a convocação do técnico – que já é craque em atrair o apoio da torcida mesmo em situações adversas, como mostrou na Copa das Confederações, no ano passado. O camisa 10 repetiu a frase do chefe e falou sobre o que sente na véspera de começar sua primeira Copa. “É isso aí, chegou a hora, chegou o momento que todo mundo esperava. Torço para que o dia de hoje passe o mais rápido possível. Estou ansioso, sim, mas a felicidade é muito grande. Sei que muitas pessoas queriam estar aqui. Recebo muitas mensagens dos meus amigos dizendo que estou realizando o meu sonho e, ao mesmo tempo, o sonho deles também”, contou o craque, que parecia tranquilo e não dava sinais de que sentia a pressão que estará depositada sobre seus ombros na quinta. Apesar da vontade de iniciar a Copa o quanto antes, tanto Felipão como Neymar disseram que não temem uma noite de insônia nesta quarta. “Eu durmo bem à noite. �Outras coisas eu não sei se faço bem à noite, mas dormir, sim”, brincou o treinador, arrancando risadas de Neymar.

Leia também:

Felipão admite ‘Neymardependência’, mas aposta em Fred

Na seleção de Felipão, o treino mais importante é… no divã

Os 23 convocados de Felipão, um Brasil que sabe vencer

Dez anos depois, Felipão reedita sua empreitada patriótica

O principal atleta da equipe, por sua vez, revelou já ter passado uma noite em claro por causa de uma partida importante. “Uma vez eu fiquei ansioso demais e acabei dormindo muito tarde: foi antes da final da Libertadores, em 2011. Eu e o meu colega de quarto, o Ganso, só fomos dormir lá pelas 5 ou 6 da manhã. Há ansiedade, sim, mas agora já estou mais maduro e acho que não vou ter problema para dormir não.” Felipão revelou que tem trabalhado para fazer o time manter o foco na estreia, sem pensar muito à frente por enquanto. “É preciso pensar só no jogo de quinta. Temos sete degraus, e para subir os sete, é preciso começar pelo primeiro, não dá para saltar no sétimo. O primeiro degrau é a Croácia.” Neymar também falou sobre a necessidade de ser paciente, mas dentro da própria estreia, caso o gol demore a sair e a torcida comece a ficar irriquieta. “A gente sabe que não vai ter jogo fácil. É a Copa do Mundo, cada partida é decidida no detalhe. A gente quer ser impecável e não cometer nenhum erro. E o time espera muito da torcida: se ela estiver do nosso lado o tempo inteiro, vai ser difícil ganhar da gente”, avisou o craque, sorrindo.