Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Federer atropela Nadal e avança para semi no ATP Finals

O tenista Roger Federer, número quatro do mundo derrotou com facilidade por 6-3 e 6-0, o espanhol Rafael Nadal (nº2), nesta terça-feira pela segunda rodada da fase de grupos do ATP Finals, torneio que reúne os oito melhores tenistas do planeta em Londres.

Federer, que já tinha derrotado o francês Jo-Wilfried Tsonga na estreia, confirma a ótima fase ao superar desta vez o maior carrasco da sua carreira, com o qual tem um retrospecto de 17 derrotas e apenas nove vitórias.

Porém, o retrospecto é bem mais favorável na competição, disputada indoor, em condições pouco favoráveis ao estilo do espanhol.

Nadal perdeu as quatro partidas que disputou contra o suíço no ATP Finals, entre elas a decisão da edição do ano passado.

Nesta terça-feira na O2 Arena de Londres, o suíço jogou num nível que lembrou seus melhores anos.

Dominando o jogo no fundo da quadra, Federer conseguiu 15 winners com golpes de direita, contra apenas dois do espanhol.

Em grande forma, o suíço, que tinha amargado um jejum de dez meses sem títulos, vem de duas conquistas importantes: sagrou-se pentacampeão no torneio da Basileia, sua cidade natal e faturou pela primeira vez o único Masters 1000 que nunca tinha vencido, em Paris-Bercy no dia 13 de novembro.

Após esta grande vitória sobre Nadal, Federer confirma o favoritismo na competição, na qual pode se tornar hexacampeão.

Além do grande tênis que vem jogando, o suíço é beneficiado pelo problemas físicos dos seus maiores rivais.

Nadal mostrou que está fora de forma, confirmando a impressão dada durante sua partida de estreia contra o americano Mardy Fish, quando venceu com muita dificuldade após sentir dores no estômago.

Já o sérvio Novak Djokovic, número um do mundo, sofre há mais de um mês com dores no ombro e o número 3, o escocês Andy Murray, anunciou nesta terça-feira que desistia do torneio em razão de uma lesão na virilha.

Na próxima rodada, o suíço enfrenta o americano Mardy Fish, que perdeu suas duas primeiras partidas, na estreia para Nadal e nesta terça-feira para Tsonga.