Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fair play financeiro deve causar dispensa em massa nos Citizens

As novas regras impostas pela Uefa para regulamentar o orçamento dos clubes europeus deve levar o Manchester City a promover uma lista de dispensa repleta de jogadores de destaque na atual equipe do técnico Roberto Mancini. Nomes como Edin Dzeko, Nigel De Jong, Kolo Toure, Stefan Savic e Adam Johnson são alguns dos que poderão ser negociados para equilibrar as finanças do clube inglês.

A medida foi adotada após a entidade que comanda o futebol do Velho Continente divulgar normas que impedem as equipes de gastarem mais do que podem pagar. As regras levarão times endividados a ficarem de fora das próximas edições da Liga dos Campeões, além de sofrerem outras represálias ao longo da temporada.

Com o déficit iminente no balanço financeiro deste ano, o Manchester City visa à negociação de nomes de peso no elenco para não enfrentar as novas burocracias impostas pela Uefa. Além de alguns dos titulares que comandam o clube no Campeonato Inglês, jogadores emprestados a outras equipes nesta temporada dificilmente permanecerão no plantel. Esse é o caso de Emmanuel Adebayor, Wayne Bridge e Roque Santa Cruz.

Ao mesmo tempo em que tenta se livrar de atletas que não estarão nos planos de Mancini, os ‘Citizens’ já focam os seus esforços na tentativa de trazer atletas renomados para o plantel do próximo ano. Entre os mais cotados para vestir a camisa do clube de Manchester, a dupla Cavani e Lavezi, do Napoli, e o atacante Van Persie, do Arsenal, devem exigir grande parte do montante de dinheiro destinado às transferências.