Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

F1: Hamilton supera Vettel e faz a pole na Malásia

Britânico largou na ponta e venceu o Grande Prêmio da Austrália, etapa inaugural do calendário, e surge de novo como favorito à vitória

O britânico Lewis Hamilton garantiu neste sábado a primeira colocação do grid de largada para o Grande Prêmio da Malásia. Ele ao anotar o tempo de 1min49s834 na última fase do treino classificatório, disputado com pista molhada. O britânico largou na ponta e venceu o Grande Prêmio da Austrália, etapa inaugural do calendário, e surge de novo como favorito à vitória. Na Malásia, o bicampeão mundial largará na frente do grid pela 40ª vez na carreira.

Ao lado de Lewis Hamilton na primeira fila estará o alemão Sebastian Vettel, que mostrou eficiência com a pista molhada. Aproveitando a melhora do carro da Ferrari em relação à prova em Melbourne e as condições climáticas, ele se intrometeu entre os carros da Mercedes, ao anotar 1min41s908.

Leia também:

Hamilton ironiza críticas da Red Bull sobre domínio na F1

F1: Red Bull pede igualdade e ameaça deixar a categoria

Irmão de Hamilton com paralisia cerebral vai pilotar em campeonato inglês

F1: Alonso é liberado para correr o GP da Malásia

Vettel conseguiu o que até o início do fim de semana na Malásia parecia impossível: superar uma Mercedes. Ele deixou seu compatriota Nico Rosberg na terceira colocação, com 1min50s299, dividindo a segunda fila com o australiano Daniel Ricciardo. Daniil Kvyat é o quinto, seguido pelo jovem holandês Max Verstappen.

Braileiros – O brasileiro Felipe Massa foi apenas o sétimo colocado do treino, com a marca de 1min52s473. Seu companheiro na Williams, o finlandês Valtteri Bottas ficou em nono, atrás ainda de Romain Grosjean. Marcus Ericsson completa a lista dos dez primerios colocado.

Com a grande possibilidade de a chuva atingir o circuito de Sepang durante o treino classificatório, quase todos os pilotos deixaram os boxes ainda nos momentos iniciais da atividade. O objetivo era marcar uma volta rápida o quanto antes, diminuindo as chances de ser prejudicado pela precipitação.

Nuvens escuras se aproximaram do circuito e a grande incidência de raios e trovões deixou claro que a chuva em Sepang era apenas questão de tempo. Na primeira fase do treino, disputada ainda com pista seca, foram eliminados os carros da Manor Marussia e da McLaren, como já era esperado. A surpresa negativa foi Felipe Nasr.

O brasileiro, destaque do Grande Prêmio da Austrália duas semanas antes, não conseguiu bom acerto de sua Sauber em todo o fim de semana. O piloto de Brasília anotou 1min41s308 e começará a prova em 16º.

Jenson Button superou o espanhol Fernando Alonso e largará em 17º, dividindo a nona fila com o companheiro de equipe. No fim do grid devem estar os carros da Manor. Roberto Merhi fez o último tempo da atividade. Will Stevens nem foi à pista.

Chuva – Antes da luz verde ser acesa, os pilotos já faziam fila no fim dos boxes, tentando marcar tempo antes da chuva. O fato gerou cenas pouco usuais para treinos classificatórios, com pilotos buscando ultrapassagens sobre adversários para não serem atrapalhados pelo tráfego.

Deu tempo para apenas uma volta rápida de cada antes de a chuva chegar. E alguns protagonistas da F1 acabaram prejudicados pelo trânsito. Kimi Raikkonen, por exemplo, ficou na 11posição e, consequentemente, fora da disputa pela pole position para que Romain Grosjean e Marcus Ericsson, por exemplo, se classificaram. Com a pista molhada, melhorar o tempo era impossível.

A chuva atingiu Sepang com tanta intensidade que a fase final do treino classificatório teve seu início atrasado em 30 minutos. Felipe Massa e Valtteri Bottas deixaram os boxes com pneus de chuva. Sebastian Vettel, Nico Rosberg e Lewis Hamilton apostaram em compostos intermediários para a primeira saída.

A escolha da Ferrari e da Mercedes se mostrou mais acertada. Na fase final do treino, depois da chuva, o calor em Sepang fizeram com que os pilotos encontrassem a pista relativamente seca. Bottas e Massa nem marcaram tempo com os pneus de chuva e foram aos boxes colocar pneus intermediários.

Foi com este tipo de composto em seu carro que Lewis Hamilton anotou 1min49s834 e garantiu a primeira colocação do grid. No fim, ele perdeu a chance de melhorar sua volta, atrapalhado por Nico Rosberg, mas pôde respirar aliviado quando Vettel não o superou.

Lewis Hamilton da Mercedes, conquista a pole no treino de classificação para o Grande Prêmio da Malásia - 28/03/2015

Lewis Hamilton da Mercedes, conquista a pole no treino de classificação para o Grande Prêmio da Malásia – 28/03/2015 (VEJA)

(Com Gazeta Press)