Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Expulsão polêmica gera quatro jogos de suspensão a Kompany

O polêmico cartão vermelho que o zagueiro Vincent Kompany, do Manchester City, recebeu no duelo contra o United, pela Copa da Inglaterra, continua gerando problemas para os Citizens. Dessa vez, a Federação Inglesa de Futebol negou a apelação do clube e manteve a pena estipulada para o defensor de quatro jogos de suspensão.

Como o atleta recebeu um cartão vermelho direto, o regulamento inglês prevê que seja cumprido um gancho de três jogos. Além da pena previamente estipulada, a entidade julgou o caso como reincidente e aplicou mais uma partida ao jogador.

Apesar das reclamações do City e do pedido para que a expulsão fosse revista pela Federação, os dirigentes que comandam o futebol da Inglaterra rechaçaram a possibilidade de abrir uma excessão no regulamento e mantiveram a extensa punição ao jogador.

O cartão vermelho em questão foi mostrado aos 12 minutos do primeiro tempo do clássico entre as duas equipes, que terminou com a vitória do Manchester United, por 3 a 2, no último domingo. Na ocasião, Kompany deu um carrinho com os dois pés e desarmou o meia Nani, que sequer caiu no chão. Enquanto prosseguia com a jogada, o atleta foi surpreendido pelo apito do árbitro, que alegou força excessiva na dividida e expulsou o defensor da partida.

Sem o zagueiro para as próximas rodadas do Campeonato Inglês, o técnico Roberto Mancini precisará encontrar alternativas para montar o desfigurado setor defensivo do City. Além do jogador, Kolo Touré e Yaya Touré foram convocados para a Copa Africana das Nações, ao mesmo tempo em que os avançados Dzeko, Balotelli e David Silva apresentaram lesões e deverão desfalcar o time.