Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ex-diretor da Traffic é contratado como superintendente do Santos

Com o novo organograma do clube traçado pelo estatuto que passou a vigorar neste ano no Santos, o cargo de diretor de futebol, que não era remunerado, foi extinto. A partir de agora, um superintendente receberá salários para trabalhar no departamento de futebol. E o escolhido para a vaga é Felipe Faro, ex-funcionário da Traffic, empresa de marketing esportivo com investimentos na área do futebol.

O novo membro da cúpula santista será responsável por contratações e, próximo à comissão técnica alvinegra, terá a missão de organizar o lado operacional do dia a dia do futebol profissional do clube.

Entusiasmado com a oportunidade, Faro espera ajudar o Santos a formatar um novo modelo de gestão profissional no futebol. ‘Estou animado pra começar a trabalhar no Santos. É um desafio, algo muito legal. Estou gostando muito’, disse à rádio Estadão/ESPN.

‘É um clube que está buscando a profissionalização no futebol. Acabaram as diretorias e criou-se um sistema de profissionalização com governança corporativa’, completou o novo dirigente do time da Vila Belmiro.

Felipe Faro ainda fez questão de ressaltar que a Traffic, onde trabalhava, não terá nenhuma participação no trabalho diário que será desenvolvido por ele no Peixe. ‘Abro mão, não sou mais funcionário da Traffic. Eu me desliguei totalmente [da empresa]. Agora é 24 horas por dia trabalhando para o Santos’, concluiu.

Os santistas chegaram a negociar com Rodrigo Caetano, hoje no Fluminense, quando o dirigente deixou o Vasco, em dezembro. Outros nomes também foram estudados, como o do ex-diretor de futebol do Peixe, Pedro Luiz Nunes Conceição, mas a experiência de 12 anos como diretor de negócios do futebol da Traffic pesaram favoravelmente para Faro.