Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Estilo controlador de Guardiola causa incômodo no Bayern, revela revista

Treinador espanhol enviou um e-mail aos atletas cobrando maior comprometimento e profissionalismo na reta final da temporada

O clima no vestiário do Bayern de Munique não é dos melhores. O motivo é o perfil controlador do treinador Pep Guardiola, segundo revelou nesta quinta-feira a revista alemã Kicker. Um jogador que teve a identidade preservada contou à publicação que recentemente o técnico espanhol enviou um e-mail “explosivo” aos atletas, cobrando-lhes mais comprometimento e profissionalismo.

Guardiola exigiu no e-mail que os atletas informassem previamente o que pretendiam fazer nos dias de folga e evitassem viagens internacionais. O treinador também teria reforçado sua preocupação com as dietas e o descanso do elenco estelar do Bayern. A fonte ainda revelou à Kicker que o motivo de maior tensão no clube é a relação entre Guardiola e o departamento médico, que recentemente ganhou o “reforço” do zagueiro Jérôme Boateng, lesionado.

Leia também:

Guardiola diz que ‘é impossível parar Messi’

‘Guardiola queria treinar o Brasil na Copa e não quiseram’, revela Daniel Alves

Parreira também era contra Guardiola na seleção: ‘Não ajudaria em nada’

No ano passado, Hans Wohlfahrt deixou o cargo de médico do Bayern após 38 anos de serviços prestados justamente devido a desavenças com Guardiola, que estaria irritado com as constantes lesões de seus atletas.

O treinador de 45 anos já anunciou que deixará o Bayern de Munique ao fim desta temporada para assumir um clube inglês – os rivais de Manchester, United e City, brigam para contratar o treinador – e dará lugar ao italiano Carlo Ancelloti.

Segundo a revista, a exigência de Guardiola cresceu nos últimos meses devido ao desejo do espanhol de terminar sua passagem de três anos pelo clube com os três títulos possíveis: campeonato nacional, Copa da Alemanha e Liga dos Campeões da Europa. O time lidera a liga nacional com 49 pontos, oito a mais que o vice-líder Borussia Dortmund.

(da redação)