Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Engenhão é liberado ao Botafogo – e pode mudar de nome

Diretoria do clube pretende trocar 'João Havelange' por 'Nilton Santos'

O Botafogo vai voltar a jogar no Estádio João Havelange, o Engenhão. Nesta sexta-feira, a prefeitura do Rio publicou nota confirmando a reabertura do estádio no início do Campeonato Carioca. A decisão foi tomada após reunião entre o presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, e o prefeito Eduardo Paes. O local estava interditado desde março de 2013 por causa de problemas estruturais. O dirigente botafoguense celebrou o retorno à casa e ainda informou que planeja mudar o nome de estádio para Nilton Santos, em homenagem ao ex-lateral e ídolo do clube.

Leia também:

Rio-2016 poderá ter Engenhão e mais uma sede para o futebol

Crea-RJ quer punir responsáveis por falha no Engenhão

Prefeitura do Rio quer que empreiteiras paguem reforma do Engenhão

“O prefeito achou a ideia interessante, e pediu para formalizarmos conforme prevê o contrato de concessão. Faremos isso na próxima semana. Esperamos homenagear esse atleta único”, afirmou Pereira em entrevista ao canal SporTV. O primeiro jogo no estádio em 2015 deve ocorrer em 1º de fevereiro, entre Botafogo e Boavista, pelo Estadual.

Inicialmente, o estádio vai ser aberto de forma parcial. Os técnicos do Consórcio Engenhão, entidade responsável pelas obras, decidiram liberar para o início do Campeonato Carioca somente o anel inferior do estádio, que comporta 20.000 torcedores, os 1.200 camarotes e as cabines de rádio e TV. A abertura do anel superior deve ser realizada gradativamente a partir de março.

O estádio foi interditado há quase dois anos, após laudos apontarem ameaças de desabamento na cobertura. A interdição tem sido motivo de constante reclamação dos dirigentes do clube, que enfrenta grave crise financeira e jogará a Série B do Brasileirão. Desde que o Botafogo assumiu o controle do Engenhão, o estádio passou a ser uma importante fonte de renda do clube.

(Com Estadão Conteúdo)