Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em duelo de invictos, Vôlei Futuro derrota o Minas e segue líder

Em apenas três sets, o Vôlei Futuro derrubou mais um invicto da Superliga Feminina. Durante o jogo, realizado no Ginásio Plácido Rocha, em Araçatuba (SP), o Usiminas/Minas não representou perigo para as anfitriãs, que fecharam com parciais de 25-15, 25-21 e 25-15.

Dentro de quadra, Fernanda Garay mostrou potência no ataque e saiu como a maior pontuadora pelo Vôlei Futuro, com 14 acertos. Com o mesmo número de pontos, a cubana Herrera se destacou pela sua equipe. O troféu Viva Vôlei ficou com a levantadora Ana Cristina.

O último ponto foi feito pela capitã Walewska, na jogada china. A central também foi a maior bloqueadora, fez 5 dos 12 pontos de bloqueio, contra apenas 3 do Minas. Para ela, a equipe mostrou bom comportamento após a folga do final de ano e durante este primeiro jogo.

Agora as araçatubanas tem apenas a equipe do Sollys/Nestlé (SP) como companhia entre os times que ainda não perderam na Superliga.

O clube de Osasco conseguiu a sexta vitória consecutiva e se manteve na cola das líderes após derrotar o Macaé Sports (RJ) por 3 sets a 0 (25/20, 25/20 e 25/21), em 1h22 de jogo realizado no ginásio José Liberatti.

A equipe da Unilever (RJ), agora terceira colocada, não enfrentou muitas dificuldades e, em casa, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, venceu o Banana Boat/Praia Clube (MG) por 3 sets a 0 (25/10, 25/17 e 25/19), em 1h10 de jogo.

O Sesi, que fez 3 a 0 sobre o Pinheiros (25/19, 25/17 e 25/22), e o BMG/São Bernardo, que disparou 3 a 1 sobre o São Caetano (25/27, 25;16, 25;19 e 25/12), fecharam a rodada completa da competição nesta terça.