Em alta, Criciúma desafia ASA, invicto em casa na temporada

O Criciúma pode ter encontrado o seu rumo na Série B do Campeonato Brasileiro, após derrotar o Goiás, um dos favoritos ao acesso à elite do futebol brasileiro, por 3 a 0, na rodada passada. No entanto, o Tigre terá mais uma prova neste sábado, às 21 horas (de Brasília), quando enfrenta o ASA, no Estádio Coaracy da Mata, em Arapiraca (AL), pela sexta rodada do Nacional.

Além de enfrentar o Fantasmão, o clube catarinense terá outro adversário: a praça desportiva dos arapiraquenses, que não ainda não perderam em seus domínios nesta temporada. Somando o Campeonato Alagoano, aonde o ASA foi vice-campeão, e a Segunda Divisão Nacional, são 15 jogos no Municipal de Arapiraca, que viu 11 vitórias e quatro empates.Este duelo também irá marcar o reencontro do técnico do Criciúma, Paulo Comelli, com o ASA. O treinador do Tigre já comandou o rival CRB nesta temporada. Os conhecimentos de Comelli, que pregou o ataque como principal estilo de jogo de seus comandados, sobre o Fantasmão podem ajudá-lo neste duelo.

‘Nós conhecemos bem a maneira de jogar. Eles mudaram pouco em relação ao Estadual. É um time forte e vamos ter dificuldades por lá, porque possuem um bom conjunto’, destacou Comelli. ‘O Criciúma não muda a forma de jogar ofensivamente. Vamos sempre jogar em busca do gol’, assegurou o técnico, que foi surpreendido com um desfalque de última hora: o atacante Gilmar sentiu dores na coxa e não viajou com a delegação para a cidade alagoana.

Já pelo lado do ASA, o técnico Heriberto da Cunha também tem alguns desfalques: o lateral direito Dudu, que já estava afastado do grupo há algum tempo, teve o seu contrato com o clube rescindido pela diretoria, que revelou ‘atos de indisciplina’ do jogador em algumas ocasiões. O volante Marquinhos, que pertence ao Cruzeiro, teve que retornar à Raposa e também desfalca o Fantasmão.

FICHA TÉCNICA

ASA X CRICIÚMALocal: Estádio Municipal de Arapiraca, em Arapiraca (AL)

Data: 16 de junho de 2012, sábado

Horário: 21 horas (horário de Brasília)

Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)

Assistentes: Marco Mello Moreira (GO) e Edson Antônio de Sousa (GO)

ASA: Gilson; Gabriel, Edson Veneno, Gaúcho e Chiquinho Baiano; Jorginho, Audálio, Cal e Danilo Cruz; Valdivia e Lúcio Maranhão

Técnico: Heriberto da Cunha

CRICIÚMA: Douglas Leite; Ezequiel, Matheus Ferraz, Nirley e Marlon; Diego Oliveira, Fransérgio, Kléber e Giovanni Augusto; Lucca e Zé Carlos

Técnico: Paulo Comelli