Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Elenco já comemora volta do ‘brincalhão’ Paulo Miranda aos jogos

Emerson Leão ainda alega desconhecer a situação e exige ouvir pessoalmente de algum dirigente que Paulo Miranda está à sua disposição novamente. Os jogadores do São Paulo, contudo, não esconderam a alegria ao saber que o vice-presidente de futebol João Paulo de Jesus Lopes anunciou a liberação de um amigo.

Rhodolfo conta que o companheiro de zaga deixou seu lado extrovertido enquanto está barrado. ‘O Paulo ficou triste pela situação. E não só ele, mas o grupo, porque poderia acontecer com qualquer um e pela amizade que temos com ele. É um brincalhão, não dá trabalho… Ficamos sentidos’, relatou.

Quase todos os jogadores que aceitaram dar entrevistas coletivas após o caso ressaltaram a proximidade com o zagueiro, com Cortez chegando a falar que jogariam pelo colega. – quem destoou um pouco foi Casemiro, que disse que ‘o Paulo Miranda é um grande amigo nosso, está acontecendo tudo isso com ele, mas aí não é problema meu.’A diretoria prefere ver Edson Silva mantido no time titular e até gostou de saber que o Bahia se interessou pela contratação de Paulo Miranda. Mas a expectativa do elenco é de que o antigo titular, enfim, volte a participar dos coletivos e até seja relacionado para a partida contra o Goiás na próxima semana, no Morumbi, no primeiro confronto válido pelas quartas de final da Copa do Brasil.

‘Espero que ele volte o quanto antes porque é um companheiro importante que vinha jogando. Falhas acontecem com qualquer um, como eu mesmo falhei contra o Bragantino. Temos que tentar dar força e ajudar de alguma maneira’, apontou Luis Fabiano, que perdeu pênalti contra o Bragantino, mas fez dois gols na vitória por 4 a 1 responsável por colocar o time na semifinal do Campeonato Paulista naquele momento.

Em pouco mais de uma semana barrado, Paulo Miranda viu Edson Silva em seu lugar. Primeiro, o canhoto defensor obrigou Rhodolfo a mudar de lado e ambos se confundiram muitas vezes na derrota para a Ponte Preta, na semana passada. Nessa quinta-feira, na vitória tricolor, o substituto foi driblado quantas vezes Cicinho quis antes do cruzamento para Somália marcar o único gol do time campineiro no Morumbi.

Agora, independentemente de possível mudança no time titular, a ordem é motivar Paulo Miranda. ‘Vamos dar total apoio. Falo com ele todos os dias, dou força porque ele vai ser muito importante, já que não temos muitos zagueiros. O Paulo é novo ainda e tem total confiança do grupo’, falou Rhodolfo.