Ecclestone garante que equipes não estão preocupados com o GP de Bahrein

Redação Central, 10 abr (EFE).- O chefe da Fórmula 1, o britânico Bernie Ecclestone, declarou nesta terça-feira que as equipes que disputam o Mundial de Fórmula 1 não pediram o cancelamento do Grande Prêmio do Bahrein, marcado para este fim de semana, nem manifestaram qualquer tipo de preocupação com a prova.

‘Nenhuma das equipes se mostrou preocupada, muito pelo contrário’, disse Ecclestone, que, por outro lado, admitiu: ‘talvez não renovaremos o contrato pensando no ano que vem’.

O dirigente se expressou desta forma à rede de televisão ‘BBC’, em contraposição a informações que as equipes temiam pela segurança e não gostariam que o GP do Baherin, o quarto do calendário, fosse disputado. A prova já foi cancelada em 2011 devido a revoltas internas no país.

‘Neste momento, não há nada que indique que os planos não continuarão como estavam previstos. Não depende de mim decidir se seguimos adiante ou não com o que está previsto. Depende do Bahrein. Hoje, não decidiram cancelar a prova, portanto presumivelmente estão contentes’, destacou o chefe da principal categoria do automobilismo.

‘Uma das equipes mandou para lá uma pessoa recentemente. Eu falei com eles hoje, e me disseram que tudo está perfeito, que não há nenhum problema. Estiveram no circuito. Estiveram em todos os lugares do Bahrein. E estão muito contentes’, completou. EFE