Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Djokovic despacha Wawrinka e avança às quartas de final em Madri

Novak Djokovic, atual campeão do Masters 1000 de Madri, deu mais um passo em busca do bicampeonato do torneio e derrotou o suíço Stanislas Wawrinka, nesta quinta-feira, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7-5) e 6/4. Agora, nas quartas de final da competição, o sérvio vai duelar contra o compatriota Janko Tipsarevic, responsável pela eliminação do francês Gilles Simon, com 7/6 (7-3), 5/7 e 6/1.

No confronto, tanto Djokovic quanto Wawrinka saíram com sete aces marcados. O número 1 do mundo teve 82% de aproveitamento nos pontos após o primeiro saque, contra 74% do suíço. O sérvio ainda quebrou o saque de Wawrinka em duas oportunidades, apesar das dez chances que teve. Já o número 21 da ATP confirmou o único break-point que teve no duelo.

Novak Djokovic está em busca de seu terceiro caneco em 2012, já tendo sido campeão do Masters 1000 de Miami e do Aberto da Austrália. Em cinco confrontos contra Tipsarevic no circuito, Djokovic saiu vencedor em quatro deles.

Após o jogo contra Stanislas Wawrinka, Djokovic criticou o polêmico saibro azul que vem sendo usado no Masters de Madri. ‘Não quero entrar em detalhes da cor, se o material afeta os movimentos. Vi papéis de processos de construção da quadra dizendo que elas são iguais às vermelhas, mas é mentira. Você escorrega o tempo todo’, disse o sérvio. ‘O vencedor do torneio será o que não se machucar. Muitos caíram. É muito tenso para os jogadores que deslizam bastante, como eu, Rafa (Nadal) e (Gael) Monfils. Nossos músculos são muito pressionados’, completou.

O líder da ATP ainda disse que também está de acordo com o companheiro Rafael Nadal, que disse que não vai participar do torneio em 2012 se as quadras continuarem escorregadias.