Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dispensado por Conte, Diego Costa cogita jogar no Brasil

Atacante brasileiro naturalizado espanhol gostaria de retornar ao Atlético de Madri – mas para isso teria de ser emprestado por seis meses a outro clube

Diego Costa não parece muito preocupado com o fato de ter sido dispensado, via mensagem de texto, pelo técnico do Chelsea, Antonio Conte. Em entrevista ao jornal Mundo Deportivo, o atacante brasileiro naturalizado espanhol disse que não faltam equipes interessadas em comprá-lo, descartou uma ida à China e admitiu sua preferência pelo Atlético de Madri – o que anima, inclusive, clubes brasileiros.

O Atlético de Madri sofreu uma punição da Fifa e não pode contratar reforços até janeiro de 2018. Diego Costa disse que não gostaria de ficar sem jogar e deu uma “sugestão” ao clube espanhol. “Fechar com o Atlético não significa estar seis meses sem jogar, posso ser emprestado a um time da Espanha, da Itália, do Brasil, da onde for… O Atlético é um clube pelo qual tenho muito carinho, e seguirá assim, fechando contrato ou não”, disse, pouco após marcar um gol na vitória da Espanha sobre a Macedônia, pelas Eliminatórias para a Copa de 2018.

O Mundial da Rússia, inclusive, é o que mantém o milionário mercado chinês fora de seus planos. “Descarto a China, tenho que pensar no meu futuro, na Copa do Mundo. Se eu batalhar e for bem, tenho muitas chances de ir ao Mundial.” Diego Costa, porém, não descartou completamente a chance de seguir no Chelsea, mesmo contra a vontade do treinador.

“Tenho contrato de dois anos, sou jogador do Chelsea e os donos é quem vão decidir. (…) Se o Chelsea não me quiser, escolherei a melhor opção. Todos os meus companheiros gostam de mim e estão comigo, estou tranquilo”, disse, antes de alfinetar Conte. “É preciso perguntar a Conte o que aconteceu. Se ele tem a opção de contratar outro jogador e não deseja ter problemas com um jogador importante do seu elenco, é normal (negociá-lo). Mas há formas de dizer isso, de fazer as coisas.”

Veja também

Segundo diversos jornais europeus, dirigentes do Chelsea estariam furiosos com a forma como Conte dispensou o jogador, por considerar que o italiano acabou desvalorizando um dos atletas mais caros do elenco no mercado. O sergipano Costa, de 28 anos, jamais atuou profissionalmente por um clube brasileiro. Na infância, torceu pelo Corinthians, mas depois foi “convertido” a palmeirense por influência de um tio. 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Mário Sergio Centini

    O clube brasileiro que tiver vergonha na cara não aceitará esse sujeito vestindo sua camisa.

    Curtir

  2. Ricardo Berçot Barroso

    Vem pro Vasco fazer gol na Mulambada.

    Curtir