Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Diálogo com Leão no treino pós-Carnaval cativa jogadores do São Paulo

O fato de o meia-atacante Lucas ter sido poupado do treinamento desta segunda-feira em virtude do cansaço da viagem de volta de Salvador agradou em cheio aos jogadores do São Paulo. Satisfeitos com a atitude do técnico Emerson Leão, alguns comandados trataram de elogiar o ‘diálogo’, que tem sido o principal trunfo do técnico em 2012.

Na preleção antes de entrar em campo no CT da Barra Funda, Leão decidiu exibir vídeos de partidas anteriores do Tricolor, exaltando a importância de corrigir os erros de marcação na bola aérea. Logo após a apresentação, o treinador conversou brevemente com o elenco e pediu para que se manifestasse o jogador sem plenas condições de treinar.

Lucas avisou que havia acabado de retornar de sua viagem a Salvador, onde passou o Carnaval com o amigo Neymar, e não estava se sentindo bem para entrar em campo. Leão entendeu a situação de seu camisa 7 e decidiu tirá-lo da atividade, que teve como novidades o lateral direito Piris e o volante Fabrício, prováveis titulares contra o Bragantino, na quarta-feira.

O próprio Fabrício, que estreia no Campeonato Paulista com a camisa do São Paulo, falou sobre sua condição física e aprovou o papo do técnico: ‘Estou pregando condicionamento e ritmo aos poucos. O Leão não conversou especificamente comigo sobre a estreia, e nem tem que conversar. Tem que ser igual a todo mundo. Não quero ser mais do que ninguém, por isso falou sobre tudo, sobre Carnaval, inclusive’.

‘Estou aqui para acatar ordens. Essa reapresentação mais cedo é bom sinal, estamos na frente dos rivais como o Corinthians, o Palmeiras e o Santos, que só treinam à tarde. Eu não pulei o Carnaval, só fui sábado, mas é rápido, daqui a pouco chegam os 35 anos e você ainda está cheio de disposição’, disse, aos risos, o camisa 8 do São Paulo.

Diante do Bragantino, o São Paulo não poderá contar com o zagueiro Paulo Miranda e nem com o atacante Willian José, expulsos na quinta-feira contra o Paulista de Jundiaí. No ataque, a dúvida persiste, mas na zaga o substituto será Edson Silva, que começou a temporada como titular enquanto o ex-jogador do Bahia se recuperava de lesão. Silva também exaltou o trabalho de Leão.

‘Foi um bate-papo sobre o jogo, sobre os anteriores, ele falou sobre tudo. Como o final de semana foi de folga, todo mundo pode achar que tomamos puxão de orelha, mas o que ele fez foi avisar que esse jogo tem tudo para ser importante. Ele perguntou quem estava bem para treinar, conversou com o Lucas. Espero que continue assim, treinador dialogando com atleta para saber como está e melhorando sempre o time’, afirmou Edson Silva, rasgando a seda do ‘professor’.