Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Derrotas não me derrubam’, afirma Bellucci

Por AE

Xangai – O brasileiro Thomaz Bellucci mostrou um discurso otimista e até certo ponto conformista depois de ser eliminado logo na estreia do Masters 1.000 de Xangai, nesta terça-feira. O tenista perdeu de virada para o russo Dmitry Tursunov, 41.º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (5/7), 6/4 e 7/5, e encerrou o seu giro pelo continente asiático sem conquistar sequer uma vitória – anteriormente, ele também caiu na estreia do Torneio de Pequim.

“Joguei meu melhor tênis, consciente e agressivo, não posso nem dizer que estou triste. Tenho que seguir firme e pegar esse jeito da quadra dura. Quando sou agressivo, às vezes ando recuando ainda, mas são detalhes”, afirmou o tenista número 1 do Brasil, garantindo que não irá desanimar após amargar novo revés em uma estreia nesta temporada.

“Essas últimas derrotas (em Pequim e Xangai) me machucam, ninguém gosta de perder, mas não me derrubam. Estou tranquilo e vou seguir trabalhando, ajustando os detalhes. Com paciência, os resultados virão”, completou Bellucci.

Após fracassar em Pequim e Xangai, o brasileiro irá encerrar a temporada de 2011 no Masters de Paris, em novembro, quando voltará a jogar em piso rápido, mas desta vez em quadra coberta. Bellucci ainda está disputando o torneio de duplas do Masters 1.000 de Xangai, no qual faz parceria com o croata Ivan Dodig e estreou com vitória nesta terça sobre os espanhóis Feliciano Lopez e Fernando Verdasco, por 2 sets a 1.