Depois de César, Daniel Paulista sofre lesão grave e não deve jogar Série B

Com pouco mais de um mês no comando do Sport, o técnico PC Gusmão está tendo que duelar contra um adversário que não esperava encontrar na Ilha do Retiro: a ‘bruxa’ que anda solta pelo clube quando o assunto envolve a recuperação de seus atletas.

O zagueiro César Lucena, que sofreu um rompimento no ligamento do joelho em 2010, se recuperou, atuou oito partidas no Brasileirão de 2011, e lesionou o mesmo local na goleada aplicada pelo Sport diante do Vitória por 4 a 0.

Na derrota contra o Criciúma na terça-feira, outro jogador recebeu a visita da ‘bruxa’: Daniel Paulista. O experiente volante ficou mais de um mês sem jogar por questões técnicas e voltou ao time há cinco rodadas, mas sentiu a perna direita e deixou o gramado aos dez minutos.

Nesta quarta-feira, o departamento médico do clube divulgou um diagnóstico preliminar que prevê o afastamento do jogador das próximas rodadas do Brasileirão da Série B graças a uma fratura no tornozelo direito.

O tempo estipulado para a recuperação é de seis a oito semanas na consolidação óssea, além do tratamento fisioterápico para que o jogador possa voltar aos gramados. Dessa forma, é provável que Daniel Paulista não tenha condições de atuar nas últimas 11 rodadas da competição.

Em contrapartida…

Para compensar as ausências de Daniel Paulista e César Lucena, o técnico PC Gusmão terá três importantes reforços na partida diante do ABC, no Frasqueirão.

O curioso é que todos são na zaga: Gabriel, Montoya e Vitor Hugo. O primeiro está recuperado de lesão, o outro de volta após cumprir suspensão automática e o último, recém-contratado, já treina e fica à disposição.

O volante Hamilton, no entanto, precisará de pelo menos mais dez dias de recuperação para voltar às listas de relacionados de PC. Naldinho, ao contrário, já pode jogar.