Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Denílson erra horário do treino e São Paulo testa Fabrício e 4-4-2

O treino do São Paulo estava marcado para as 9 horas (de Brasília) desta terça-feira, no CT da Barra Funda. Mas, quando os portões foram abertos, cerca de 40 minutos depois do início da atividade, o time titular do coletivo comandado por Emerson Leão não tinha nem Denílson e nem Rhodolfo. Enquanto o zagueiro faz fortalecimento muscular no Reffis, o volante simplesmente errou o horário do treino e não compareceu ao CT no único período de trabalho do dia.

Como a reapresentação, na segunda-feira, ocorreu no período da tarde, Denílson imaginou que a lógica fosse se repetir nesta terça, justifica a assessoria de imprensa do clube. Ausente do treino coletivo, o jogador ainda deve aparecer no CT da Barra Funda para trabalhos na academia à tarde, mas não deve sofrer punições por parte da diretoria. O curioso é que o Tricolor costuma treinar à tarde apenas nos dias seguintes às partidas, raramente às terças.

O time testado por Emerson Leão não teve as presenças dos dois jogadores de defesa, mas contou com Fabrício, que já deve ser relacionado para o confronto de quinta-feira, às 21 horas, diante do Coritiba, pelas semifinais da Copa do Brasil, e Edson Silva ao lado de Paulo Miranda na zaga. Com o retorno do volante Casemiro, quem deixou o time titular foi Fernandinho, abrindo espaço para a formação 4-4-2.

Dênis; Douglas, Paulo Miranda, Edson Silva e Cortez; Fabrício, Casemiro, Cícero e Jadson; Lucas e Luis Fabiano foi a escalação do Tricolor no treino coletivo desta terça. Os reservas treinaram com a seguinte formação: Leonardo; Piris, Bruno Uvini, Luiz Eduardo e Henrique Miranda; Rodrigo Caio, Maicon e Rafinha; Osvaldo, Fernandinho e Willian José.