Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Deivid diz que primeiro semestre do Fla começou e terminou errado

O primeiro semestre já acabou para o Flamengo. Eliminado do Campeonato Carioca e da Copa Libertadores, o time rubro-negro só voltará a campo no dia 20 de maio, já pelo Brasileirão, contra Sport. Para o atacante Deivid, os erros da metade inicial da temporada devem servir de lição.

‘O que começa errado, termina errado’, disparou o centroavante, lembrando que os jogadores entraram em atrito com a diretoria por causa de salários atrasados antes mesmo do primeiro jogo oficial em 2012. O entrevero entre Ronaldinho Gaúcho e o técnico Vanderlei Luxemburgo, que acabou substituído por Joel Santana, também conturbou o ambiente.

‘Tudo começou lá atrás e veio estourar agora. Temos que nos preocupar em dar alegria para o torcedor. Sabemos que a culpa é de todo mundo, todos que entram em campo têm responsabilidade por esse começo de ano’, acrescentou Deivid, pedindo que os atletas fiquem focados apenas no futebol. ‘Não adianta a gente ficar tentando entender o que rola. Deixa a parte burocrática com a diretoria’.

Para o atacante, o desempenho bem abaixo do esperado indica que o elenco precisa ser reforçado. ‘É necessário reformular. Não adianta só ter 11 jogadores, tem que ter um elenco forte para que quando alguém esteja suspenso ou machucado o outro entre e possa dar conta do recado. A gente precisa de reforços’.

A diretoria já começou a se mexer e acertou com o lateral direito Wellington, que defendeu o Resende no Campeonato Carioca, e o volante paraguaio Cáceres, do Libertad. O primeiro deve se apresentar nos próximos dias, enquanto o estrangeiro só vai aparecer na Gávea depois que sua equipe sair da Libertadores.

A porta de saída também ficará movimentada. O volante Airton será devolvido ao Benfica, de Portugal, enquanto o atacante Itamar, indicado por Vanderlei Luxemburgo e que quase não teve oportunidades no clube, será liberado para acertar com outra equipe.

Com a contratação de Wellington, Galhardo deve ser emprestado para ganhar mais experiência, o que também deve acontecer com outros jovens que deixaram a equipe de juniores, mas ainda não conseguiram se firmar no grupo principal, como o meia Thomás e o atacante Diego Maurício.