De la Rosa sonha com treino da HRT: será uma vitória

Os atrasos da HRT na criação do F112, modelo de 2012 da escuderia para o Mundial de Fórmula 1, impediram que o time participasse da pré-temporada da categoria. A única chance da equipe levar seu carro à pista antes do início nesta temporada é nesta segunda-feira, durante filmagens comerciais, o que o espanhol Pedro de la Rosa torce para que aconteça.

‘Se conseguirmos dar algumas voltas na segunda vai ser uma vitória para nós’, disse De la Rosa, que trabalhou nas últimas temporadas como piloto de testes da McLaren e será titular da HRT em 2012. ‘Não estou esperando dar muitas voltas antes da Austrália, mas se fizermos isso estaremos uma posição melhor do que já estivemos nos outros anos’, explicou.

Mesmo que consiga realizar algumas voltas com seu carro nesta segunda-feira, a atividade será repleta de restrições. De acordo com as regras da FIA, o bólido não pode rodar mais de 100 quilômetros e precisar estar com pneus de demonstração, não dando à equipe condições de avaliar o desempenho do veículo com os compostos que serão utilizados durante a temporada da F-1.