Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Daniel Carvalho promete ousadia: Não vamos pensar só em defender

O Palmeiras está ciente de que não pode cometer deslizes na noite de quarta-feira, pois um placar adverso complicaria bastante a meta de alcançar a decisão da Copa do Brasil. Apesar da preocupação com o lado defensivo, o meia Daniel Carvalho explica que o Verdão adotará uma estratégia para atacar também o Grêmio, no estádio Olímpico.

‘Sabemos da importância do jogo de ida e é sempre complicado jogar no Olímpico, a torcida faz pressão, mas, se temos a meta de chegar à final, precisamos conseguir um bom resultado lá. Não vamos pensar só em nos defender, porque seria difícil segurar a pressão do Grêmio’, afirmou.

O estádio de Porto Alegre receberá o primeiro confronto da semifinal do torneio de mata-mata, enquanto a partida de volta será disputada na Arena Barueri. Daniel Carvalho acredita que será importante para o Palmeiras enfrentar um adversário que tem o estilo de partir para o ataque.’O bom é que o Grêmio deixa jogar também, porque vai ao ataque e dá um pouco de espaço. Pelas características do Palmeiras, a princípio vai ser um jogo bem aberto’, acrescentou.

Formado nas categorias de base do Internacional, Daniel Carvalho se acostumou a enfrentar o Grêmio e explica que caiu nas graças da torcida colorada justamente por conta de uma partida contra o Tricolor gaúcho.

‘O jogo que me marcou aconteceu em 2003, quando o Inter não vencia o Grêmio havia 13 partidas, eram quase quatro anos, mas nós vencemos. Dei passe para um gol e fiz o outro da vitória no Olímpico. Foi quando dei um salto na carreira e a torcida do Inter passou a me ver como grande ídolo’, recorda.

Naquele Gre-Nal, Luís Mário abriu o placar para o Grêmio, mas o Inter empatou em cabeceio de Vinícius, depois de cobrança de escanteio de Daniel Carvalho. Já a vitória foi definida aos 41 minutos do segundo tempo, quando o meia dominou na meia-lua, cercado por três marcadores, e encontrou espaço para chutar, superando o goleiro Danrlei.