Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dagoberto viaja em observação, mas ainda não preocupa para o jogo

Dificilmente o São Paulo não terá o seu artilheiro na temporada nesta quarta-feira, contra o Coritiba, no Paraná. Atingido em sua canela direita por um carrinho de Xandão em treino fechado na manhã desta terça-feira, Dagoberto ainda sente dores, mas está entre os 18 relacionados por Adilson Batista para participar da delegação que viajará no fim da tarde.

‘O Dagoberto já tomou antinflamatório, tratou. É um trauma. Está doendo bastante hoje [terça-feira] e pode estar totalmente sem dores amanhã para o jogo. Por enquanto, ele não é problema’, informou o médico do Tricolor, José Sanchez.

O otimismo em relação ao atacante é tão grande que o treinador levou para Coritiba somente o número exato de atletas que serão titulares e ficarão no banco de reservas. Sem o camisa 25, o treinador terá um suplente a menos para colocar em campo.

‘O Xandão escorregou e atingiu a parte da perna que não estava com a caneleira. Está doendo, mas não deve ter problema’, insistiu José Sanchez, que já vetou Luis Fabiano, que continua acumulando complicações na cirurgia em tendão próximo ao joelho direito ocorrida em 20 de maio.

O meia-atacante Lucas também chegou a gerar alguma preocupação. Depois de voltar da Copa América, o camisa 7 enfrentou o Atlético-GO recebeu pancadas no tornozelo direito e se tratou nessa segunda-feira, indo a campo só para dar voltas. Mas nem se considera a hipótese de ele ser desfalque, já que não há problemas clínicos.

Além de Luis Fabiano, o treinador segue sem poder contar com Henrique, Bruno Uvini, Willian e Casemiro, que se preparam com a seleção brasileira para a disputam do Mundial sub-20, e Ilsinho, que segue negociando sua permanência ou saída do São Paulo.

Se Dagoberto não jogar, Marlos é o mais indicado a ser escalado, mas a mais provável escalação são-paulina no Couto Pereira deve ser: Rogério Ceni; Jean, Xandão, Rhodolfo e Juan; Denílson, Carlinhos Paraíba, Wellington e Rivaldo; Lucas e Dagoberto.