CVC deve disponibilizar 20% das ações da Fórmula 1 para venda

Segundo o site financeiro americano ‘Bloomberg’, o grupo CVC, atual proprietário da Fórmula 1, deve disponibilizar 20% das ações da categoria para venda.

O grupo espera receber um valor de 2 bilhões de dólares (cerca de R$3,6 bilhões) por esse percentual das ações. Em sua análise, a categoria vale 10 bilhões de dólares (cerca de R$18 bilhões).

Ainda segundo o site, o CBC planeja se incluir oficialmente no mercado de ações até junho, na Bolsa de Valores da Cingapura, como parte de uma estratégia para fortalecer a Fórmula 1 no mercado asiático.

O grupo também já teria acertado com a Goldman Sachs, banco de investimentos americano, para assessorar a oferta pública inicial da Fórmula 1.