Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cruzeiro volta aos trabalhos sem técnico e Everton reclama de vaias

Mesmo sem treinador, os jogadores do Cruzeiro voltaram aos trabalhos nesta quinta-feira, após o revés contra o Atlético-PR, na última quarta, que culminou na eliminação da Raposa da Copa do Brasil. O treinamento foi comandando pelo preparador físico Quintiliano Lemos, que vai permanecer no clube mesmo com a saída de Vágner Mancini.

O volante Everton, que vem sendo improvisado na lateral esquerda, comentou as vaias e as cobranças que vem recebendo da torcida do Cruzeiro. Segundo ele, a torcida cruzeirense não aprova o seu futebol desde o ano passado, mas que mesmo assim, vai continuar trabalhando sem abaixar a cabeça.

‘A torcida já está contra mim desde o Brasileiro do ano passado, isso é normal. Não vou abaixar a cabeça com as vaias, tenho que ter personalidade. Estão vaiando hoje, mas se amanhã vencermos, vão aplaudir. Futebol é isso’, disse Everton, que assumiu parcela da culpa pela eliminação da Copa do Brasil, mas deixou claro que a responsabilidade não é só dele e sim de todo o grupo.

‘A culpa é minha e de todos os jogadores. Infelizmente não conseguimos vencer e o resultado foi esse, a torcida brava. Agora, temos que levantar a cabeça, porque o Brasileiro está em cima’, comentou o jogador já projetando o início do Brasileirão.