Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cruzeiro busca reabilitação enfrentando o Náutico nos Aflitos

Depois de uma estreia ruim no Campeonato Brasileiro, apenas empatando em casa contra o Atlético-GO, o Cruzeiro terá que buscar a reabilitação longe dos domínios, enfrentando o Náutico, às 21 horas (de Brasília), deste sábado, no estádio dos Aflitos, em Recife (PE). O técnico Celso Roth, que chegou ao time celeste para comandar a equipe no Brasileirão, persegue a primeira vitória na competição nacional.

Para atingir o objetivo, o treinador poderá contar com a estreia dos volantes Tinga e William Magrão, que chegaram à Raposa no início da semana, e como já estão regularizados, devem enfrentar o Timbu. Porém, apenas Tinga deve começar o jogo como titular, com Magrão ficando como opção para o decorrer da partida.

Para esse jogo, o Cruzeiro perdeu o zagueiro Alex Silva, que rompeu os ligamentos do joelho esquerdo e não deve jogar mais nesta temporada. Outros desfalques certos são: o atacante Anselmo Ramon, que foi expulso após xingar o assistente na estreia do time mineiro e terá que cumprir suspensão, e o volante Leandro Guerreiro, que está fora de combate por ordem médica.O técnico Celso Roth acredita que o Cruzeiro terá muitas dificuldades na partida deste sábado, contra o Náutico. Segundo o treinador celeste, a pressão da torcida do Timbu e as condições do gramado do estádio dos Aflitos devem complicar ainda mais a vida da Raposa, que vem buscando um equilíbrio para voltar a atuar bem. Roth argumenta que a parte física pode ser mais decisiva neste confronto que a técnica.

‘Já passamos isso para os jogadores, conversamos no início do treino. Não sei como está a qualidade do gramado dos Aflitos, sei que tinham arrumado há algum tempo. Independente disso, é sempre um jogo de muita disputa física, ousaria dizer primeiro entra a parte física e depois a técnica. Vai ser uma partida muito disputada, corrida, na base da disposição e marcação’, declarou.

No Timbu, o técnico Alexandre Gallo deve promover algumas mudanças na equipe, que estreou contra o Figueirense. Uma das alterações é a saída do zagueiro Márcio Rosário, que atuou improvisado na lateral esquerda e está fora cumprindo suspensão por ter tomado o cartão vermelho na estreia contra os catarinenses. Outra possível mudança no time é a saída de Souza, que não agradou no primeiro jogo do Brasileiro.

Além da torcida que empurra o time atuando no Aflitos, o Náutico conta com uma espécie de espião para superar o Cruzeiro e somar três pontos no Brasileiro. Trata-se do volante Elicarlos, que já atuou no time mineiro e garante que pode ajudar o técnico Gallo passando informações importantes sobre a Raposa.

‘Quase a metade do time que jogou comigo continua no Cruzeiro. Tem gente como o zagueiro Léo, o atacante Wellington Paulista e o meia Montillo, que são jogadores de qualidade e eu conheço bem. Se o Gallo precisar, estou à disposição, seja no esquema tático ou na indicação dos jogadores’, declarou.

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO X CRUZEIRO

Local: Estádio dos Aflitos, em Recife (PE)

Data: 26 de maio de 2012 (sábado)

Horário: 21 horas (horário de Brasília)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)

Assistentes: Rodrigo Pereira Jóia (RJ) e Emerson Augusto de Carvalho (SP)

NÁUTICO: Gideão, Auremir, Marlon, Ronaldo Alves e Lúcio; Derley, Elicarlos, Gleydson e Cleverson; Ramon e Araújo

Técnico: Alexandre Gallo

CRUZEIRO: Fábio; Diego Renan, Léo, Victorino e Marcelo Oliveira; Amaral, Charles, Tinga, Souza e Montillo; Wellington Paulista

Técnico: Celso Roth