Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cristiano Ronaldo elogia Messi: ‘É craque, gosto de vê-lo jogar’

Atacante do Real Madrid disse que premiações da Bola de Ouro o aproximaram do argentino. "Não somos amigos, mas companheiros, não rivais"

Cada vez mais relaxado, às vésperas de sua quinta decisão de Liga dos Campeões, Cristiano Ronaldo garantiu que jamais existiu um clima de rivalidade entre ele e Lionel Messi. Em entrevista à emissora Fox Sports da Argentina, o artilheiro do Real Madrid disse ter muito respeito pelo atacante do Barcelona e admirar seu talento em campo.

“Claro que gosto de vê-lo jogar, gosto de todos os bons jogadores. E Messi é um deles, é um craque. Claro que gosto, desfruto muito de vê-lo jogar, assim como outros jogadores também”, contou Cristiano. Segundo ele, o clima de competição é algo criado pela mídia. “Não tenho dúvidas. A imprensa quer vender, quer fazer o seu negócio, é normal. Não só no futebol, mas na Fórmula 1, no tênis, em qualquer esporte. É normal, para a imprensa isso é bom.”

Cristiano contou que os encontros em premiações o aproximaram do argentino. “Não digo que sou amigo de Messi, mas somos companheiros, compartilhamos muitos momentos. Nos prêmios, por exemplo. Nos últimos 10 anos, estivemos entre os três sempre, com exceção da última, que não foram os jogadores do Barcelona. Sempre que estamos juntos, temos uma relação muito boa.” Este ano, Cristiano pode empatar com Messi em Bolas de Ouro, com cinco para cada.

“Para mim, amigo é aquele que vai na sua casa, come junto. Não é assim. Mas há respeito, o considero um companheiro de profissão. Não um rival, não gosto dessa palavra, nem de comparações”. O atacante do Real Madrid se manteve à vontade para falar de Messi diante da insistência do jornalista argentino.

“Ele nunca me fez mal algum, nem a minha família. Como não vou gostar de uma pessoa assim? Pelo contrário. Quando o perguntam sobre Cristiano, ele também fala bem. Minha relação com ele é a mais cordial possível, e nos respeitamos muito.”

Campeão em 2009 com o Manchester United e em 2014 e 2016 já pelo Real Madrid, Cristiano também poderá igualar o tetracampeão Messi em número de títulos da Liga dos Campeões. No sábado, a partir das 15h45 (de Brasília), o Real encara a Juventus, em Cardiff, no País de Gales.