Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Corinthians e Atlético-MG armam troca de atletas por empréstimo

Meia Marlone iria para Minas, enquanto atacante Clayton faria caminho inverso

Corinthians e Atlético-MG podem acertar até o final da semana uma troca envolvendo dois jogadores. O clube paulista cederia o meia Marlone aos mineiros até o fim da temporada, e receberia o atacante Clayton pelo mesmo período. A negociação parece agradar aos atletas e ao clube de Belo Horizonte, mas o Corinthians ainda tenta negociar seu jogador em definitivo. Por outro lado, os dirigentes paulistas não descartam ceder e aceitar o negócio.

No início do ano, o Atlético fez um proposta por Marlone de 3 milhões de euros (10,2 milhões de reais), recusada pelo Corinthians. Desta vez, os mineiros voltaram a entrar em contato para oferecer uma troca, usando o atacante Clayton, com quem o clube paulista chegou a negociar no passado.

A diretoria corintiana vê Marlone como um de seus atletas com mais chances de render uma boa negociação e, por isso, tem como plano inicial a venda dos 50% dos direitos econômicos que pertencem ao clube. Além do Atlético, o Sport está de olho no jogador, que teve grande passagem pelo time pernambucano, mas também quer o atleta por empréstimo.

No treinamento desta terça-feira, Marlone esteve entre os titulares do Corinthians, mas no intervalo da atividade acabou substituído por Fellipe Bastos. O meia, que tem contrato até o fim de 2019, concorreu no começo deste ano ao Prêmio Puskas, oferecido pela Fifa ao autor do gol mais bonito do ano, pelo tento marcado contra o Cobresal. Na atual temporada, começou como titular, mas perdeu espaço após ficar fora do clássico com o Palmeiras.

(com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. É UMA TROCA JUSTA…LIXO POR LIXO

    Curtir

  2. José Carlos Lopes de Oliveira

    Pobre Atlético. Esse Marlone não dá, não.

    Curtir

  3. Jose Drumond

    Mais uma cagada dessa diretoria do galo; com toda ruindade do Clayton, pior q o tal Marlone não existe. pqp

    Curtir