Corinthians demite Cristóvão após derrota em clássico

O time será comandado pelo auxiliar Fábio Carrille até o fim do ano.

Durou menos de três meses a passagem de Cristóvão Borges pelo Corinthians. O técnico não resistiu à derrota neste sábado para o rival Palmeiras, líder do campeonato, por 2 a 0, e à pressão da torcida, insatisfeita com o desempenho do time.

O anúncio da saída de Cristóvão foi feito pelo presidente alvinegro Roberto de Andrade menos de uma hora após o clássico em Itaquera. O cartola também afirmou que não vai contratar nenhum técnico até o fim do ano. “O auxiliar Fábio Carrille será o nosso treinador até o final do ano. Seria um espaço muito curto para trazer um treinador agora”.