Copa do Brasil define semifinais; veja o que cada time precisa

Atlético-MG, Santos, Corinthians e Grêmio largam em vantagem com as vitórias magras conseguidas nos duelos de ida

Serão definidos nesta quarta-feira os quatro semifinalistas da Copa do Brasil de 2016. Atlético-MG, Santos, Corinthians e Grêmio largam em vantagem com as vitórias magras conseguidas nos duelos de ida, mas todos os quatro confrontos seguem abertos. Esta é a primeira vez na história que a fase quartas de final é formada por oito campeões do torneio. Veja como está cada confronto. O vencedor de Juventude x Atlético-MG enfrentará na semifinal quem passar de Inter x Santos. Já a outra semifinal será formada por Palmeiras ou Grêmio contra Cruzeiro ou Corinthians.

Juventude x Atlético MG (19h30)

O clube mineiro é quem construiu a melhor vantagem na partida de ida: venceu por 1 a 0 em Belo Horizonte (não levou gol fora de casa). Por isso, um empate ou até uma derrota por um gol de diferença (com dois ou gols ou mais) classifica o Atlético no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. O Juventude, campeão em 1999, precisa vencer por dois gols de diferença ou levar o jogo para os pênaltis com uma vitória mínima. A equipe dirigida por Antonio Carlos Zago já eliminou Coritiba e São Paulo e recentemente garantiu o acesso à Série B do Brasileirão. O principal desfalque da partida é o atacante atleticano Fred, que já atuou pelo Fluminense nesta edição.

Inter x Santos (19h30)

A equipe paulista vai até o Beira-Rio com a vantagem de 2 a 1 construída na Vila Belmiro. O Inter, que na última rodada venceu o Flamengo e deixou a zona de rebaixamento do Brasileirão, ainda se preocupa com o perigo da degola e escalará reservas para o duelo desta noite. O técnico Celso Roth armou o time nos treinos com apenas três titulares: o goleiro Danilo Fernandes, o zagueiro Ernando e o meia Alex. Já o Santos, que desistiu do título do Brasileirão, deve escalar força máxima – apenas o meia Lucas Lima, desgastado fisicamente, é dúvida. O Santos joga por um empate ou derrota mínima de 3 a 2 para cima. O Inter precisa vencer por 1 a 0 ou por mais de dois gols de diferença para avançar. Vitória gaúcha por 2 a 1 leva o duelo para os pênaltis. 

Palmeiras x Grêmio (21h45)

Situação inversa ocorre com o outro representante gaúcho: priorizando a Copa do Brasil, o Grêmio escalou um time reserva na última rodada do Brasileirão e joga todas as suas fichas no duelo desta noite, no Allianz Parque. Já o Palmeiras, líder do Brasileirão, escalará uma equipe “alternativa”, mesmo precisando reverter a derrota por 2 a 1 no jogo de ida. Seis titulares não foram relacionados: Vitor Hugo, Yerry Mina, Tchê Tchê, Moisés Dudu e Róger Guedes. Por outro lado, Gabriel Jesus, que está suspenso no Brasileirão, deverá atuar nesta quarta-feira. O Grêmio joga por um empate ou derrota mínima de 3 a 2 para cima. O Palmeiras precisa vencer por 1 a 0 ou por mais de dois gols de diferença para avançar. Vitória paulista por 2 a 1 leva o duelo para os pênaltis. 

Cruzeiro x Corinthians (21h45)

Totalmente fora da disputa pelo título do Brasileirão, as duas equipes também focam suas atenções na Copa do Brasil. O Corinthians venceu o jogo de ida por 2 a 1, mas o técnico Oswaldo de Oliveira, que fará sua segunda partida no comando do time, promete não ficar na retranca em busca do empate. O jogo marca ainda novo reencontro entre o técnico Mano Menezes, do Cruzeiro, com o clube pelo qual conquistou o título em 2009. O Corinthians joga por um empate ou derrota mínima de 3 a 2 para cima. O Cruzeiro precisa vencer por 1 a 0 ou por mais de dois gols de diferença para avançar. Vitória mineira por 2 a 1 leva o duelo para os pênaltis.