Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Confiante em recuperação, Schumacher não culpa Mercedes por má fase

Longe das primeiras colocações nas sete primeiras etapas disputadas na Fórmula 1, o alemão Michael Schumacher se mostrou confiante em uma reviravolta nesta situação. Uma das razões para o desempenho ruim são problemas com o carro da Mercedes, mas o piloto prefere não culpar a equipe.

No último Grande Prêmio do Canadá, Schumacher mais uma vez saiu da corrida sem que ela terminasse e o motivo novamente foi problemas mecânicos com o carro. Esta foi a quarta vez que o heptacampeão abandonou uma prova em virtude de complicações no carro.

Apesar de tudo, o alemão parece confiante em uma recuperação. ‘Gostaria de enfatizar mais uma vez que os carros de Fórmula 1 são protótipos e centenas de componentes são construídos especialmente para eles. Para mim é completamente compreensível que as coisas deem errado de vez em quando’, minimizou o piloto em seu site oficial.

‘Logicamente foi um resultado decepcionante em Montreal. Mas eu não vou perder a fé na minha equipe. Ainda acredito que vamos conseguir algo especial junto com a Mercedes’, acrescentou.

Ciente das dificuldades para que tudo aconteça sem problemas na Fórmula 1, Schumacher não deposita nenhuma culpa sobre os membros da escuderia e se mostra disposto a ajudar para que a equipe aperfeiçoe o carro. ‘Não há razão para culpar ninguém, circunstâncias infelizes como essa fazem parte do automobilismo’, declarou.

‘É por isso que eu sentei com meus engenheiros após a corrida para discutir como devemos abordar esse tempo antes da próxima corrida’, contou o heptacampeão.