Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com Pelé na tribuna, Cosmos goleia Cuba em jogo histórico em Havana

Amistoso vencido pela equipe de Nova York por 4 a 1 reforçou a intenção dos governos de restaurar as relações diplomáticas entre EUA e Cuba

Cuba e Estados Unidos deram mais um passo para melhorar suas relações diplomáticas. Na noite desta terça-feira, o New York Cosmos se tornou a primeira equipe americana a visitar a ilha caribenha desde que os presidentes Barack Obama e Raul Castro anunciaram que buscariam restaurar os laços rompidos em 1961. O time de futebol de Nova York venceu a seleção cubana por 4 a 1, em amistoso no estádio Pedro Marrero, em Havana. O encontro histórico teve um convidado ilustre: o brasileiro Pelé, estrela do Cosmos na década de 70, que assistiu à partida das tribunas.

Leia também:

Em Cuba, Pelé aprova reeleição de Blatter na Fifa

O clima de paz tomou conta do estádio, que recebeu ótimo público – nas arquibancas, torcedores cubanos exibiram bandeiras dos dois países. Os gols da vitória do Cosmos foram marcados por Lucky Mkosana (2), Sebastián Guenzatti e Hagop Chirishian, todos no primeiro tempo. Na segunda etapa, Andy Vaquero descontou para os centro-americanos. O atacante espanhol Raúl González, ídolo do Real Madrid e da seleção espanhola e que agora atua no Cosmos, participou do duelo.

O Cosmos foi a primeira equipe profissional dos Estados Unidos a jogar espontaneamente em solo cubano desde 1999, quando o Baltimore Orioles, de beisebol, jogou contra o time nacional da ilha caribenha (em 2008, a seleção americana masculina de futebol também esteve em Havana, em vitória por 1 a 0 sobre Cuba, mas o jogo era válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010, portanto, os países foram obrigados a aceitar o duelo).

Ídolo espanhol Raúl González, do Cosmos, tira fotos com jogadores da seleção cubana após amistoso em Havana

Ídolo espanhol Raúl González, do Cosmos, tira fotos com jogadores da seleção cubana após amistoso em Havana (VEJA)

(com Gazeta Press)