Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com Emerson apto, Corinthians terá elenco completo novamente

A notícia de que o novo julgamento de Emerson foi adiado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) animou Tite. O comandante corintiano terá o grupo completo pela segunda rodada consecutiva no Campeonato Brasileiro, e bem na que poderá definir o título antecipado para a equipe alvinegra. Sem desfalques por suspensão ou lesão, as incertezas na formação titular passaram a ser festejadas pelo técnico.

‘É importante. Já na semana passada não tínhamos nenhum jogador no departamento médico, isso é fundamental. Se tem pepino para escalar, o técnico se vira, problema é meu. Se escala Antônio ou José, te chamam de burro. Se ganhar, ótimo. Se perder, vão dizer que com outro jogador seria melhor. Mas estar com o grupo completo é a ideia. Ter todos com saúde e à disposição é importante’, comentou o treinador.

Emerson seria julgado na manhã desta terça-feira após ter sido liberado para atuar nos três jogos passados com efeito suspensivo, entretanto o departamento jurídico alegou que o julgamento de Abel Braga, treinador do Fluminense (concorrente pelo título brasileiro), havia sido adiado, para também obter nova data futura. O tribunal atendeu o pedido e postergou o julgamento para 1de dezembro, liberando o atacante para a partida de domingo que vem, contra o Figueirense.

O duelo em Florianópolis pode ser decisivo para o Corinthians em caso de tropeço do vice-líder Vasco. Mas o título ainda pode ficar para a última rodada, no clássico contra o Palmeiras, depois do julgamento definitivo de Emerson. Para Tite, o que importa é ele estar apto no momento. ‘O Superior Tribunal deu essa validade, não tenho que pensar (se ele terá condição de atuar) no próximo jogo. A realidade é que está à disposição e vai trabalhar para esta partida’, comentou.

Também o zagueiro Chicão e o atacante Jorge Henrique, recuperados de dores musculares – mas vetados do compromisso passado por ainda não apresentarem condições físicas ideais -, devem ficar à disposição. O meia Alex, que começou como reserva diante do Atlético-MG depois de se recuperar de edema na coxa esquerda, agora deve brigar por posição entre os 11 titulares.