Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com atraso, Mini Paceman chega às lojas por R$ 139.950

Versão acelera de 0 a 100 km/h em 7,8 segundos e chega aos 212 km/h

Enquanto isso, lá fora…

Nos EUA, esses modelos custam:

  1. • Cooper S: US$ 26.800, ou R$ 58.250
  2. • Cooper Works: US$ 35.500 , ou R$ 77.170

Leia também: Por que o carro é tão caro no Brasil?

Com algumas semanas de atraso, o Paceman, a última novidade da Mini, acaba de desembarcar no Brasil. Prometido para maio, ele estreia por aqui apenas na versão esportiva Cooper S, custando a partir de 139.950 reais. O lançamento no país das versões ALL4, com tração integral nas quatro rodas, e top de linha John Cooper Works (208 cv e aceleração de 0 a 100 km/h em 6,1 segundos), foi confirmado para o segundo semestre.

Leia também:

BMW mostra o inédito cupê Série 4

Japão: em feira de brinquedos, carro-conceito para montar

Mini Cooper S Roadster: o prazer de dirigir sem capota

Apresentado oficialmente em setembro do ano passado, durante o Salão de Paris, o novo crossover tem carroceria duas portas e capacidade para acomodar quatro ocupantes – os bancos traseiros são individuais. Com 4,11 metros de comprimento, 1,79 m de largura e 1,52 m de altura, o Paceman tem sua parte frontal idêntica à do modelo Countryman. Da coluna A (na qual está apoiado o para-brisa) até a traseira, ele assume um desenho exclusivo e arrojado. O Paceman é o primeiro modelo da Mini a vir com o nome impresso na tampa traseira e ter sua produção concentrada em Graz, na Áustria – restante da gama é fabricada em Oxford, na Grã-Bretanha.

Leia também:

Man of Steel Power, a superpicape do Super-Homem

Novo Corolla europeu adianta o visual da versão brasileira

Toyota revela nos Estados Unidos nova geração do Corolla

Assim como outros modelos da marca, o novo modelo é equipado com um motor de quatro cilindros, 1.6 litro, turbo, com 186 cv associado a uma caixa de câmbio automática de seis marchas e dispositivo start-stop, que desliga o motor em paradas rápidas com o objetivo de economizar combustível e reduzir a emissão de poluentes. De acordo com a Mini, o Paceman leva 7,8 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h e a velocidade máxima é de 212 km/h.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

A lista de equipamentos de série é ampla e inclui entre outros itens, ar-condicionado digital, direção elétrica, navegador GPS, equipamentos de áudio da Harman Kardon e de multimídia com tela de 6,5 polegadas e teto solar panorâmico. O pacote de segurança, por sua vez, traz freios com ABS e distribuição de frenagem, seis airbags, controle de estabilidade e assistência de frenagem em curvas.