Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

COI aprova inclusão de basquete 3×3 em Tóquio-2020

Triatlon e BMX freestyle também entraram no programa olímpico, que ainda terá revezamentos mistos e aumentará a participação feminina

O Comitê Olímpico Internacional (COI) aprovou nesta sexta-feira a inclusão de uma série de novas modalidades para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, entre eles o basquete 3×3 (disputado em meia quadra), o triatlon e o BMX freestyle.

Outras das novidades são os revezamentos mistos na natação (4×100) e no atletismo (4×400), o aumento das categorias femininas no boxe, canoagem e remo. O judô e o tiro com arco também terão competições mistas por equipes, segundo as decisões aprovadas na reunião realizada hoje em Lausanne, na Suíça.

“Potencializar a participação feminina e as competições urbanas, de interesse dos jovens, é objetivo dessas mudanças”, afirmou o COI em comunicado divulgado após a decisão.

Com as alterações, Tóquio 2020 terá 15 eventos a mais do que a Rio-2016. O COI, porém, reduziu drasticamente o número de atletas inscritos: serão 285 a menos que nos Jogos no Brasil. No entanto, a participação feminina será a maior da história, explicou o COI.

Basquete 3 x 3

A Federação Internacional de Basquete (Fiba) celebrou, por meio de nota, a inclusão da modalidade que vem tentando popularizar há cerca de dez anos. Testado oficialmente pela primeira vez nos Jogos da Juventude em 2010, em Singapura, o basquete 3 x 3 é um “esporte de rua”, como a própria Fiba define. O projeto foi apresentado ao COI como uma variação da modalidade mãe, assim como já existe o vôlei de praia, por exemplo – o futsal e o futebol de areia, consagradas variações do futebol, também tentaram participar das Olimpíadas em outras oportunidades, sem sucesso.

O basquete 3 x 3, popularizado em parques pelo mundo, especialmente nos Estados Unidos, é jogado em uma quadra com metade do tamanho oficial de uma quadra de basquete, com apenas uma cesta e três atletas por equipe. Segundo a Fiba, pode ser jogado em quadras fechadas, mas a versão mais comum é “outdoor.”

(com agência EFE)