Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cleveland Cavaliers vence Warriors e segue vivo nas finais

Vantagem da equipe californiana nas finais na NBA agora diminuiu para 3 a 1

O Cleveland Cavaliers segue vivo nas finais da temporada 2016-2017 da NBA, ao derrotar, na noite de sexta-feira, o Golden State Warriors, por 137 a 116, na Quicken Loans Arena, evitando levar uma “varrida” do rival. A vantagem dos californianos agora diminuiu para 3 a 1.

O resultado serviu para os atuais campeões se recuperarem dos tropeços nas primeiras três partidas decisivas, renovarem a esperança de conseguir uma virada histórica e conquistar o bicampeonato. Já os Warriors viram a sequência de 15 vitórias na pós-temporada ser encerrada.

O grande nome da vitória da franquia de Ohio foi LeBron James, com 31 pontos, 11 assistências e dez rebotes, superando Magic Johnson e passando a ser o jogador com mais triplos-duplos nas finais, com nove. Além disso, LeBron ultrapassou Michael Jordan, tornando-se o terceiro maior pontuador das finais da NBA, com 1.207 pontos. Agora ele está atrás somente de Kareem Abdul-Jabbar (1.317) e Jerry West (1.679).

O camisa 23 teve Kyrie Irving ao seu lado como protagonista da importante vitória. O armador foi o cestinha da noite com 40 pontos. Outro destaque dos Cavs foi Kevin Love, marcando 23 pontos, sendo que seis foram da linha de três pontos, com um aproveitamento de 75%. O ala-pivô contribuiu para que a equipe quebrasse o recorde nas finais, com 24 pontos em arremessos da linha de três.

Pelo lado dos Warriors, como vem acontecendo em toda série final, Kevin Durant foi o principal nome. O ala deixou a quadra com 35 pontos, além de quatro rebotes e quatro assistências. Já Stephen Curry, apesar de um duplo-duplo – 14 pontos e dez assistências – não esteve bem na sua especialidade, os arremessos da linha de três, acertando apenas duas em nove tentativas, com aproveitamento de 22,2%.

Na próxima segunda-feira, às 22h (de Brasília), o Golden State Warriors terá sua segunda chance de fechar as finais contra o Cleveland Cavaliers, quando acontece o quinto jogo da série, desta vez em casa, na Oracle Arena, em Oakland, na Califórnia.

(Com EFE)