Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cielo vence 50m livre nos EUA com marca próxima ao índice olímpico

O atleta de 29 anos, único medalhista de ouro da natação brasileira, garantiu o pódio em torneio no Texas mas ainda está longe de conquistar uma das duas vagas para a Olimpíada do Rio de Janeiro.

O nadador brasileiro Cesar Cielo venceu neste domingo a prova dos 50 metros livre na pequena competição Western Zone Sectionals, em Austin, nos Estados Unidos, e cravou 22s28 segundos, um centésimo a mais do índice olímpico (22s27), tempo mínimo exigido pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos para a classificação aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

O campeão olímpico nos Jogos de Pequim, em 2008, e maior nome da natação brasileira nos últimos anos, ainda não garantiu seu lugar na Olimpíada do Rio, mas já demonstra melhora em sua forma física, já que não atingia a casa dos 22s20 desde julho do ano passado, quando conseguiu 22s23, no Aberto da França.

No entanto, as chances de participação de Cielo nos Jogos, em agosto, ainda são baixas. Por enquanto, as duas vagas de classificação para os 50 metros livre está nas mãos de Italo Manzine, que fez no ano passado 22s08 no Torneio Brasileiro Open, e Bruno Fratus, que tem a marca de 21s50. As marcas brasileiras ficam em segundo plano no circuito mundial ao comparar com o melhor tempo da atualidade, batido pelo francês Florent Manaudou. O atual campeão olímpico da prova, fez 21s42 na seletiva francesa e garantiu sua presença nos Jogos do Rio de Janeiro.

A última seletiva para definir quais atletas brasileiros se classificarão para o maior evento esportivo do mundo será ainda neste mês, a partir do dia 15, no tradicional Troféu Maria Lenk, que ocorrerá no Estádio Aquático do Parque Olímpico da Barra da Tijuca, na capital carioca.

Leia também:

Thiago Pereira mira Rio-2016: ‘Expectativa aumentou’

‘Posso voltar melhor que antes’, confia Cielo sobe Rio-2016

Brandonn Almeida leva único ouro do Brasil no Mundial Júnior de natação

Especial VEJA: Um novo horizonte para o Rio

(Com Gazeta Press)