Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chile leva susto, mas ganha clássico diante do Peru e vence a primeira

O Chile teve um começo avassalador, viu o rival reagir, mas manteve a calma na noite desta quinta-feira para bater o Peru e ganhar os seus três primeiros pontos nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014. Jogando em Santiago, a equipe, comandada pela boa atuação do meia Valdivia, do Palmeiras, venceu por 4 a 2.

Os anfitriões saíram na frente do placar no primeiro tempo, com Ponce e Vargas. Logo no início do segundo, Vidal acertou um belo chute para ampliar a vantagem. Pizarro e Farfan, em um espaço de dez minutos, colocaram fogo na partida, mas Suazo, de pênalti, selou o 4 a 2.

Com o resultado, os chilenos chegam aos mesmos três pontos do adversário, mas ficam com um saldo inferior (-1 a 0). A Roja volta a campo na próxima rodada, dia 11 de novembro, fora de casa, contra o Uruguai, enquanto a Bicolor folga e só retorna quatro dias depois, encarando o Equador, também longe de seus domínios.

O Jogo – Mal havia começado a partida e os donos da casa já trataram de se colocar à frente no placar. Após escanteio cobrado da direita, a bola foi desviada na primeira trave e Ponce apareceu livre para desviar e explodir a torcida presente no estádio Monumental do Chile, em Santiago.

Completamente dominante na partida, os donos da casa jogavam sob a regência de Valdivia, que cansava de apanhar dos peruanos. Aos 15 minutos, ele passou a bola para Vidal chutar firme e parar em boa defesa de Fernandez. No lance seguinte, porém, o arqueiro não teve chance.Revoredo e Beausejour tabelaram e o meia cruzou na cabeça de Vargas, que testou firme para ampliar. Depois, os anfitriões diminuíram o ritmo, controlando a vantagem até o intervalo. Ainda atordoado, o Peru teve dois lances de perigo até o descanso, com Cruzado, aos 35, e Guerrero, aos 40 minutos, ambos acertando a trave de Bravo.

Na volta para a segunda etapa, o Chile recomeçou a castigar o rival. Com apenas dois minutos, Medel arriscou de longe e acertou o ângulo, marcando um golaço. No lance seguinte, porém, Pizarro aproveitou sobra e bateu bem para diminuir a desvantagem.

Colocando fogo no jogo, Guerrero quase marcou aos 12, mas Medel tirou sua cabeçada quase em cima da linha. Aos 14, no entanto, a bola entrou. Farfan desviou cobrança de falta antes da defesa e fez o segundo dos peruanos.

Dando continuidade ao ritmo eletrizante, Valdivia, que pouco antes havia reclamado de dores no braço, invadiu a área e foi derrubado. Pênalti batido e convertido por Suazo, tranqüilizando os donos da casa.

A partir dali, o ritmo diminuiu, com os visitantes aparentando um pouco de desânimo após o balde de água fria em sua reação, garantindo, assim, o primeiro triunfo dos chilenos.