Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chiellini, pronto para revanche contra Suárez. Sem mordida

Zagueiro da Juventus diz não guardar mágoas do uruguaio pela agressão na Copa do Mundo. Dia 6 de junho, eles se cruzarão na decisão da Liga dos Campeões

Se a vingança é um prato que se come frio, o italiano Giorgio Chiellini, da Juventus, espera saboreá-la com o título da Liga dos Campeões, em Berlim, na Alemanha, contra o Barcelona, no dia 6 de junho. Pela primeira vez desde a eliminação da seleção italiana na primeira fase do Mundial, em 24 de junho de 2014, Chiellini vai reencontrar o uruguaio Luis Suárez, do Barcelona. Aquela partida em Natal, vencida pelo Uruguai por 1 a 0, ficou marcada pela surreal mordida de Suárez no ombro de Chiellini. O ataque foi ignorado pelo árbitro, mas não pela Fifa, que puniu o uruguaio com quatro meses de suspensão, além de multa e ausência em nove partidas da seleção. Quase um ano depois, Chiellini afirmou em Roma que está preparado para o encontro. “Não tem problema. Não guardo nenhum rancor do Suárez, só tristeza porque naquele dia eles venceram e avançaram, e nós fomos eliminados.” O zagueiro italiano de 30 anos sabe que Suárez será apenas uma de suas preocupações na partida, mas comparou os craques do Barcelona aos do Real Madrid, equipe eliminada pela Juventus nas semifinais. “É difícil eleger o melhor dos três atacantes. Marcarei o Suárez, como marquei o Benzema. Com o Messi, farei o mesmo que fiz com Cristiano Ronaldo, e com Neymar, igual ao que fiz com Bale.”

24/06/2014 - O jogador do Uruguai, Luis Suarez, e Giorgio Chiellini, da Itália, após a polêmica mordida durante a Copa do Mundo da FIFA Brasil, no estádio das Dunas, em Natal

24/06/2014 – O jogador do Uruguai, Luis Suarez, e Giorgio Chiellini, da Itália, após a polêmica mordida durante a Copa do Mundo da FIFA Brasil, no estádio das Dunas, em Natal (VEJA)

Leia também:

Mujica insulta dirigentes por punição a Suárez

Suárez pede desculpas e promete não morder mais

Luis Suárez: o craque das reações intempestivas

“Mordida” do uruguaio Suárez ganha versões na internet

(da redação)