Chefão da F1 visita Temer em Brasília

GP do Brasil é dúvida para 2017 e a próxima corrida da etapa brasileira, no domingo, ficará marcada pela despedida de Felipe Massa

O chefão da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, visitou o presidente Michel Temer em Brasília antes do GP Brasil, que será disputado neste domingo, no autódromo de Interlagos, em São Paulo. De acordo com a assessoria do GP, o encontro foi uma cortesia do Palácio do Planalto a Ecclestone.

Temer conversou por meia hora com o britânico de 86 anos em um momento conturbado do automobilismo brasileiro: há chances de a corrida de Interlagos ser descartada da Fórmula-1 e, no Mundial de 2017, o Brasil pode não ter representantes, já que Felipe Massa, da Williams, se aposentará e Felipe Nasr, da Sauber, ainda não tem contrato com nenhuma escuderia para o ano que vem.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Aloisio Barros

    A Formula 1 perdeu a graça e o sentido há muito tempo. Parece mais aula de auto escola. Gasta-se horrores para a realização de um grande prêmio e nem sempre tem retorno aos cofres da prefeitura de São Paulo. Melhor e acabar e dar incentivo à Stock-Car.

    Curtir