Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

CBT anuncia cidade sede da revanche com a Rússia na Davis

A cidade de São José do Rio Preto receberá o confronto com a Rússia, pelos playoffs da Copa Davis. Na manhã desta sexta-feira, Jorge Lacerda, presidente da Confederação Brasileira de Tênis (CBT), anunciou de forma oficial a sede da série, que será realizada de 14 a 16 de setembro, no saibro. No último mês, o Brasil já atuou na cidade paulista, onde triunfou por 4 a 1 diante da Colômbia.

‘Logo que surgiu a oportunidade de voltar a jogar em São José, a equipe inteira gostou muito. A experiência que tivemos na Davis passada foi muito importante para essa decisão. Nossos jogadores gostam de jogar com altitude. No entanto, desta vez, estamos pedindo um pouco mais de cuidado para deixar a quadra mais lenta’, afirmou o capitão da Seleção Brasileira, João Zwetsch.

O duelo em São José do Rio Preto é uma revanche para o Brasil, já que o time nacional caiu diante dos russos nos playoffs da Copa Davis-2011. Em uma quadra dura coberta armada em Kazan, Thomaz Bellucci chegou a ter dois match-points diante de Mikhail Youzhny, mas não conseguiu abrir 3 a 1 na série depois de 5 horas de batalha e o time da casa virou a série.

O Brasil está afastado do Grupo Mundial do torneio por nações desde a temporada de 2003, quando ainda contava com o astro Gustavo Kuerten. Nos últimos anos, o time nacional caiu, de forma consecutiva, diante de Rússia (visitante), Índia (visitante), Equador (mandante), Croácia (visitante), Áustria (visitante) e Suécia (mandante).

Na última série da Copa Davis, Thomaz Bellucci (69 ), João ‘Feijão’ Souza (102 ), Marcelo Melo (33em duplas) e Bruno Soares (28em duplas) foram convocados pelo capitão João Zwetsch para defender o Brasil. Comandada pelo número 1 do país em simples e com uma boa atuação dos duplistas, a equipe nacional venceu a Colômbia por 4 a 1.

Campeã da Copa Davis em 2002 e 2006, a Rússia está em baixa no tradicional torneio por nações. Na última série, a equipe perdeu por 3 a 2 da Áustria com Alex Bogomolov Junior (42 ), Igor Kunitsyn (89 ) e as estrelas Nikolay Davydenko (54 ) e Mikhail Youzhny (34 ), que foram escalados por Shamil Tarpischev apenas para a partida de duplas.