Cavaliers tentarão tirar Anderson Varejão das Olimpíadas de Londres

O Cleveland Cavaliers não vê com bons olhos a possível participação do pivô brasileiro Anderson Varejão nos Jogos Olímpicos de Londres-2012. O jogador está contundido desde o início de fevereiro, quando fraturou o punho, e tentará ser convencido por seu time a desistir de defender as cores nacionais na capital inglesa entre os dias 27 de julho e 12 de agosto.

Segundo o site da NBA após a partida contra o Charlotte Bobcats na terça-feira, o técnico dos Cavaliers, Byron Scott, quer que o pivô brasileiro se dedique completamente à recuperação de sua lesão. Na temporada, Varejão jogou apenas 25 dos 57 jogos de sua equipe, que caiu na classificação em sua ausência e não tem chances de avançar aos playoffs.

O brasileiro era um dos destaques da franquia de Ohio no início do campeonato e chegou a ser cogitado para o Jogo das Estrelas, que reúne os melhores jogadores de cada posição da NBA.Uma lesão já afastou Anderson Varejão do Pré-olímpico de Mar Del Plata, em 2011, em que a Seleção Brasileira conseguiu sua classificação aos Jogos Olímpicos pela primeira vez após Atlanta-1996. À época, ele se apresentou ao técnico Rubén Magnano mesmo sem condições de atuar, por conta de uma lesão no tornozelo, e foi vetado pelo departamento médico.

No torneio argentino, o Brasil contou com apenas um atleta que atua na NBA: Tiago Splitter, do San Antonio Spurs. O armador Leandrinho Barbosa enviou um e-mail à comissão técnica pedindo dispensa por ‘motivos particulares e pessoais’, mesma justificativa usada pelo pivô Nenê Hilário para não atender ao chamado, e posteriormente alegou estar contundido.

Em entrevistas recentes, Anderson Varejão deixou claro seu desejo de defender o Brasil nas Olimpíadas. ‘Se estiver recuperado, vou jogar em Londres’, garantiu o pivô nos últimos dias de março. A GE.Net entrou em contato com a assessoria do atleta do Cleveland Cavaliers, mas não obteve retorno.

A convocação da Seleção Brasileira de basquete masculino para os Jogos Olímpicos de Londres-2012 será feita no dia 17 de maio pelo técnico Rubén Magnano. A lista é cercada de expectativa pela possível presença dos atletas da NBA que renunciaram ao chamado para o Pré-olímpico.