Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Casemiro é destaque na Espanha depois de parar Messi

Volante brasileiro brilhou na vitória do Real Madrid sobre o Barcelona e se firmou como homem de confiança do técnico Zidane

Cristiano Ronaldo marcou o gol da vitória do Real Madrid sobre o Barcelona no sábado, mas quem ganhou as principais manchetes na Espanha foi o brasileiro Casemiro. Em seu primeiro clássico como titular, o volante de 24 anos confirmou sua grande fase e foi o principal responsável por anular o ataque do Barcelona, especialmente o craque Lionel Messi. Casemiro recebeu elogios do técnico Zinedine Zidane depois da partida no Camp Nou e nesta segunda-feira estampou a capa do diário Marca, o principal esportivo de Madri, que lhe deu um apelido por sua força na marcação: tanque.

O jornal destaca imagens da partida em que Casemiro levou a melhor sobre Messi e também os parceiros Neymar e Luis Suárez. O jogador revelado (e desprezado) pelo São Paulo se tornou homem de confiança do técnico Zidane, que o posicionou como primeiro volante, com o alemão Toni Kroos e o croata Luka Modric a sua frente. “Casemiro teve papel fundamental para o time, mas não posso destacar a atuação de um jogador em particular”, disse o francês após a partida vencida pelo Real por 2 a 1.

Barcelona homenageia Cruyff em jogo contra o Real

Em entrevista ao Marca, Casemiro celebrou seu bom momento. “No Camp Nou, fizemos o que devíamos fazer: ganhar. Devíamos isso à torcida. O que mais me deixa feliz é saber que a torcida está orgulhosa de mim.” O jornal comparou o brasileiro ao francês Claude Makelelé, o volante que sustentava a equipe para que Zidane, Beckham, Figo, Ronaldo e Raúl pudessem brilhar no ataque, há pouco mais de uma década.

Casemiro atuou pelo São Paulo de 2010 a 2013. Nesse período, jogou mais como segundo volante, com menos obrigações defensivas, e foi constantemente criticado por seu temperamento e comprometimento. Emprestado ao Real Madrid B, logo agradou e ganhou chances no time principal, ainda com o técnico José Mourinho no comando. Apesar de ser titular absoluto do Real Madrid de Zidane, Casemiro não foi chamado por Dunga na última convocação da seleção.


(da redação)